Anvisa flexibiliza distribuição de medicamentos para intubação

Carga pode ser transportada antes da conclusão de testes

Os medicamentos estéreis (injetáveis) poderão ser transportados às distribuidoras e instituições de saúde enquanto as empresas fabricantes ainda realizam os testes de controle de qualidade. A decisão foi tomada, em caráter excepcional, em Circuito Deliberativo, pela diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e visa agilizar o acesso, principalmente, aos medicamentos utilizados para intubação de pacientes, no contexto da pandemia de covid-19.

O medicamento, porém, só pode ser utilizado no paciente após o fabricante comunicar sobre a aprovação do produto nos testes de esterilidade, no tempo de sete dias de incubação. Atualmente, este prazo é maior.

Os medicamentos estéreis são injetados nos pacientes e, por isso, precisam passar por um processo para eliminar todos os contaminantes. De acordo com a Anvisa, o encurtamento do tempo de incubação no teste não representa risco ao paciente.

“O teste de esterilidade realizado no produto acabado deve ser considerado apenas como uma das últimas medidas de controle pelas quais é assegurada a esterilidade. No entanto, outras medidas são utilizadas ao longo da produção para garantir a esterilidade de um medicamento estéril”, informou a agência, em comunicado.

Ontem (19), a Anvisa adotou uma série de medidas para evitar o desabastecimento de medicamentos, oxigênio e dispositivos médicos necessários para o combate da pandemia de covid-19 no país. Os medicamentos usados para a intubação de pacientes também obedecerão temporariamente a regras mais simples de fabricação e de venda.

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Câmara aprova projeto que prorroga entrega do IR até 31 de julho

Para valer, o texto ainda precisa passar por sanção presidencial A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (13) a prorrogação, até 31 de julho de 2021, do prazo para entrega da declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física, ano-base 2020. A proposta segue para sanção presidencial. Pelo texto aprovado, caso tenha saldo do imposto Leia mais

Pesquisa constata reinfecções de covid-19 com sintomas mais fortes

Estudo da Fiocruz reforça que a doença em forma branda não imuniza Um estudo coordenado pelo Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (CDTS/Fiocruz) constatou quatro casos de reinfecção por covid-19 em que os pacientes tiveram sintomas mais fortes da doença na segunda contaminação, apesar de os dois episódios terem sido considerados Leia mais

SP começa abril com 45 mortes e 1,1 mil casos de COVID-19 por hora

Em toda a pandemia, já são mais de 2,4 milhões de infectados e 75,7 mil vítimas fatais O Estado de São Paulo começa abril registrando, a cada hora, 45 mortes e 1.106 casos de COVID-19. O balanço deste dia 1º totaliza 1.082 óbitos e 26.567 novas infecções confirmadas desde ontem, mantendo os altos índices que Leia mais

SP encerra março com recorde de óbitos e casos por COVID-19

Foram de mais 428,2 mil novos casos e mais 15,1 mil novas mortes pela doença somente neste mês O Estado de São Paulo encerra março com o recorde de óbitos e casos por COVID-19 registrados no mês, em toda a pandemia. Entre os dias 1º e 31, foram 15.159 novas mortes e 428.221 casos. Março Leia mais