Hospitais de campanha de São Paulo têm 157 pacientes internados

Unidade montada no Pacaembu concentra maioria dos atendimentos

Os dois hospitais de campanha de São Paulo, criados para o tratamento de pacientes com coronavírus em situação de baixa ou média complexidade, estavam com 157 pacientes internados nesta sexta-feira (17).

No hospital do Estádio do Pacaembu, está a maior parte desses pacientes: dos 200 leitos existentes no local, 81 estavam ocupados hoje. Oito pacientes estavam internados na sala de estabilização [equipada para casos mais graves].

Já no hospital de campanha do Anhembi havia 76 pacientes internados, dos quais dois estavam na sala de estabilização. Sete pacientes da unidade do Anhembi tiveram alta e dois tiveram que ser transferidos por agravamento clínico.

A cidade de São Paulo tem, até hoje, 9.537 casos confirmados de coronavírus, com 690 mortes. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, a cidade investiga 35.410 casos e 1.138 óbitos suspeitos de coronavírus.

Os distritos de Sapopemba, Itaquera, Jabaquara e Jardim Ângela foram os que registraram maior número de casos de coronavírus na cidade. Entre os casos confirmados, a maior parte foi identificada na população entre 30 e 39 anos: sendo 1.010 homens e 1.555 mulheres infectados. Em seguida, aparece a população entre 40 e 49 anos, com registro de 888 homens e 1.164 mulheres infectados.

Leitos
Segundo a secretaria, nesta quinta-feira(16), havia 226 pessoas internadas em enfermarias nos hospitais municipais da cidade, que juntos têm 321 leitos. Já nos leitos de retaguarda, em prontos-socorros, 155 pessoas estavam internadas em enfermarias e havia 102 leitos vagos. Nas unidades de terapia intensiva (UTIs) da capital, os internados eram 230 e ainda havia 161 leitos vagos até ontem.

Afastamentos
De acordo com o boletim semanal divulgado hoje pela secretaria, 2.525 dos 59.364 profissionais da rede básica de saúde foram afastados do trabalho por síndrome gripal. A isso se somam os 292 profissionais que foram afastados por causa da covid-19. Houve também a ocorrência de quatro óbitos relacionadas ao novo coronavírus.

Já na rede hospitalar municipal, dos 17.972 profissionais registrados, 775 foram afastados por síndrome gripal, 223 por confirmação de covid-19. Foram confirmadas seis mortes.
Texto: Agência Brasil
Foto: Portal Estado

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Inflação da construção civil sobe para 0,21% em maio

Segundo levantamento da FGV, construir ficou 0,56% mais caro em maio, em comparação com o mesmo mês no ano passado O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-M), divulgado hoje (26), no Rio de Janeiro, pela Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu para 0,21% em maio contra 0,18% de abril. Com o resultado, o INCC-M acumula Leia mais

Maia pede que Bolsonaro adie provas do Enem por causa da pandemia

Deputado diz que presidente foi sensível e vai avaliar o pleito Da Redação O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), informou nesta quinta-feira (14) que pediu ao presidente Jair Bolsonaro o adiamento da aplicação de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano, em virtude da pandemia do novo coronavírus, causador Leia mais

F1: Organizadores confirmam GP de Monza com presença de público

Anúncio foi feito em rede social de circuito italiano Os organizadores do Grande Prêmio de Monza (Itália) anunciaram nesta quinta (7) que a prova será realizada na data inicialmente programada (6 de setembro) e com a presença de público. A informação foi publicada no perfil da entidade no Twitter. Esta informação, que ainda não foi Leia mais

Bolsonaro diz que agressão a jornalistas deve ser punida

Fotógrafo e motorista do Estado de S.Paulo foram agredidos O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (4) que os agressores do fotógrafo Dida Sampaio, do jornal O Estado de S. Paulo, devem ser punidos. A agressão, com socos e chutes, aconteceu ontem (3) durante ato em apoio ao presidente e contra o Congresso Nacional e o Leia mais