Jovens de Guarujá aproveitam Black Friday para alimentarem moradores de rua

O porteiro Leonardo Souza Leite, de 23 anos, pediu ajuda para os amigos em uma rede social e comprou mais de 30 sanduíches para distribuir entre os moradores de rua em Guarujá. O jovem já pensa em uma ação parecida para o Natal. “Sempre tive vontade de fazer uma boa ação, mas nunca tive condições financeiras”, revela o jovem.

“Sobrou um dinheiro este mês e decidi que seria a hora certa, porque os restaurantes estavam fazendo promoções na Black Friday”, contou Leonardo.

O jovem fez uma publicação nas redes sociais na quinta-feira (28) pedindo ajuda para quem tivesse interesse em participar da ação. “Algumas pessoas entraram em contato comigo, deixaram dinheiro e pediram para participar”. No total, ele conseguiu arrecadar R$ 200.

Ele conta que chamou os amigos mais próximos para ajudar e saíram, na manhã seguinte, para comprar os lanches. Ao chegar no restaurante, a promoção não foi aplicada, pois o sistema operacional não estava funcionando. “Compramos 35 lanches, mas poderia ter sido bem mais. Conseguimos arrecadar quase R$ 200. Passamos também no mercado e compramos refrigerante”.

O grupo, então, foi até a orla da praia da cidade procurar por pessoas que estivessem em condições de rua. “Passamos também por ruas que sabemos que tem grande concentração de pessoas que moram nas ruas”, conta. “Estávamos procurando pessoas que realmente passam necessidades e saímos distribuindo”.

O jovem conta ainda que presenciou uma cena que deixou todo o grupo emocionado. “Um senhor em específico agradeceu pelo lanche chorando. Ele contou que tinha acabado de pedir a Deus por algo para comer”, relata.

O grupo, então, se despediu do idoso, mas ao atravessar a rua, decidiram voltar e deixar mais um lanche. “Quando viramos a esquina para dar mais um lanche para ele, o vimos rezando. Ele estava agradecendo pela refeição. Foi muito emocionante”.

O grupo gostou da ação e conta que diversas pessoas ficaram sabendo e estão entrando em contato com ele para uma próxima vez. “Sei que nem todo mundo tem o que comer no Natal. Vamos fazer algo relacionado. Já tem gente me ajudando”, finaliza. (Fonte: G1)

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Escolas em Guarujá permanecem em quarentena

Até segunda ordem, as aulas presenciais na rede municipal de ensino de Guarujá não serão retomadas. A decisão foi tomada pela Prefeitura na tarde desta quarta-feira (5), depois de discussões com as secretarias municipais de Educação, Esporte e Lazer (Sedel) e também de Saúde (Sesau). Dessa forma, o Município não seguirá a linha já anunciada Leia mais

Emendas garantem exames de alto custo e reduzem filas de espera

Recursos indicados pelos vereadores têm custeado exames de cintilografia, cateterismo e ventriculografia As emendas impositivas feitas pelos vereadores junto ao orçamento municipal estão garantindo a realização de exames de alto custo e diminuído o tempo de espera para o agendamento desses procedimentos, que geralmente têm muita demanda. De acordo com informações da diretoria de regulação Leia mais

Oferta de leitos de UTI salta de 27 para 53 em Guarujá

Guarujá supera o índice preconizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é de pelo menos um leito de UTI para cada 10 mil habitantes. Atualmente, o município possui mais de 320 mil habitantes De Guarujá Nesta semana, a rede municipal de saúde de Guarujá ganhou o reforço de 26 novos leitos de Unidade de Leia mais

Audiência pública on-line discute plano ambiental nesta segunda

Está marcada para segunda-feira, dia 3 de agosto, a discussão e votação para aprovação da primeira fase do Plano Municipal de Educação Ambiental (PMEA). Em razão da pandemia do novo coronavírus, a audiência pública será exclusivamente on-line. A transmissão será realizada pela página oficial da Prefeitura (https://www.facebook.com/prefeitura.guaruja), a partir das 16 horas. O tema, de Leia mais