Jovens de Guarujá aproveitam Black Friday para alimentarem moradores de rua

O porteiro Leonardo Souza Leite, de 23 anos, pediu ajuda para os amigos em uma rede social e comprou mais de 30 sanduíches para distribuir entre os moradores de rua em Guarujá. O jovem já pensa em uma ação parecida para o Natal. “Sempre tive vontade de fazer uma boa ação, mas nunca tive condições financeiras”, revela o jovem.

“Sobrou um dinheiro este mês e decidi que seria a hora certa, porque os restaurantes estavam fazendo promoções na Black Friday”, contou Leonardo.

O jovem fez uma publicação nas redes sociais na quinta-feira (28) pedindo ajuda para quem tivesse interesse em participar da ação. “Algumas pessoas entraram em contato comigo, deixaram dinheiro e pediram para participar”. No total, ele conseguiu arrecadar R$ 200.

Ele conta que chamou os amigos mais próximos para ajudar e saíram, na manhã seguinte, para comprar os lanches. Ao chegar no restaurante, a promoção não foi aplicada, pois o sistema operacional não estava funcionando. “Compramos 35 lanches, mas poderia ter sido bem mais. Conseguimos arrecadar quase R$ 200. Passamos também no mercado e compramos refrigerante”.

O grupo, então, foi até a orla da praia da cidade procurar por pessoas que estivessem em condições de rua. “Passamos também por ruas que sabemos que tem grande concentração de pessoas que moram nas ruas”, conta. “Estávamos procurando pessoas que realmente passam necessidades e saímos distribuindo”.

O jovem conta ainda que presenciou uma cena que deixou todo o grupo emocionado. “Um senhor em específico agradeceu pelo lanche chorando. Ele contou que tinha acabado de pedir a Deus por algo para comer”, relata.

O grupo, então, se despediu do idoso, mas ao atravessar a rua, decidiram voltar e deixar mais um lanche. “Quando viramos a esquina para dar mais um lanche para ele, o vimos rezando. Ele estava agradecendo pela refeição. Foi muito emocionante”.

O grupo gostou da ação e conta que diversas pessoas ficaram sabendo e estão entrando em contato com ele para uma próxima vez. “Sei que nem todo mundo tem o que comer no Natal. Vamos fazer algo relacionado. Já tem gente me ajudando”, finaliza. (Fonte: G1)

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Mãe pede ajuda após filho com doença rara perder todos os movimentos

O diagnóstico de uma doença genética rara mudou radicalmente a vida de Diego Bezerra Dias Junior, de 13 anos. O menino, que sempre estudou e praticou exercícios físicos, hoje não consegue se movimentar ou se alimentar sozinho. Morador de Praia Grande, ele é vítima da ‘Doença de Lorenzo’, que atinge apenas um homem em cada Leia mais

Guarujá e Vicente de Carvalho ganham nova iluminação

Mais de 160 vias públicas ganham luminárias LED em Guarujá e Vicente de Carvalho Guarujá está ganhando vida com a modernização do parque de iluminação pública da Cidade. Há pouco mais de um ano, a Prefeitura de Guarujá iniciou um longo processo de substituição de lâmpadas de vapor por novas, de LED, que são mais Leia mais

Idosa fica ferida ao cair em bueiro de Guarujá

Uma idosa de 86 anos teve de ser socorrida após cair em um bueiro em Guarujá, e sofrer ferimentos no rosto, nas mãos e nas pernas. Familiares da aposentada Dezolina Bellini Ruiz apontam que o buraco em que ela caiu fica próximo a um ponto de ônibus e oferece risco aos pedestres que passam pelo Leia mais