‘Operação Independência’ vai coibir abusos durante feriado prolongado

Guarujá inicia nesta sexta-feira (4), a partir das 13 horas, a ‘Operação Independência’, conjunto de ações elaborado pela Prefeitura para conter possíveis abusos durante o feriado prolongado do Dia da Independência do Brasil.

A estratégia do Município inclui reforço policial, solicitado ao Governo do Estado, que enviará 130 policiais, além de um pedágio educativo em duas das principais rotas de chegada de turistas, entre outras ações. O objetivo é evitar que cenas de aglomeração de pessoas nas praias, como as ocorridas no último final de semana, voltem a ocorrer.

Além do reforço do Estado, participarão outros 343 profissionais do Município entre Guarda Civil Municipal (GCM), Saúde, Turismo, fiscais, entre outros.

O reforço policial – solicitado via Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb) e também individualmente pela Cidade – atuará em parceria com a GCM no trabalho de fiscalização, orientação e coibição de atitudes de moradores e turistas que contrariem as medidas sanitárias indicadas para evitar a disseminação do novo coronavírus – em especial nas praias.

Pedágio educativo

Já o pedágio educativo funcionará nos dois principais corredores utilizados pelos turistas para acesso à Cidade: no final da Rodovia Cônego Domenico Rangoni (em frente ao Paço Municipal Raphael Vitiello) e na esquina da Avenida da Saudade com a Avenida Dom Pedro I, próximo ao Túnel Juscelino Kubitscheck, na Enseada.

A intenção da Administração é que cenas como as ocorridas no final de semana anterior nas cidades da Baixada Santista não ocorram em Guarujá durante o feriado prolongado.

Ações simultâneas

Das 13 horas desta sexta-feira até o final do dia do próximo domingo (6), ações estarão ocorrendo simultaneamente em toda a Cidade. O pedágio educativo distribuirá panfletos e exibirá faixas de orientação, alertando sobre o que pode ou não pode no atual cenário de flexibilização.

Será feita, também, a distribuição de máscaras faciais alertando sobre a obrigatoriedade da utilização e as implicações causadas a quem desrespeitar a medida – entre elas o impedimento em acessar estabelecimentos e transporte público.

Nas praias e corredores comerciais também serão distribuídos panfletos e haverá, ainda, carros de som com orientações. O Município também solicitou o reforço de agentes da Vigilância Sanitária Estadual para atuar na fiscalização ao comércio local.

O que pode e não pode nas praias

É permitida somente a prática de esportes que não envolvam contato físico no calçadão, faixa de areia e no mar. Caminhada, corrida, surf, stand-up, natação, futevôlei e beach tennis são alguns exemplos.

Já qualquer atividade que possa causar aglomerações segue vedada. Um exemplo é a comum prática de colocar cangas, guarda-sóis e outros objetos na faixa de areia. O risco de promover a aglomeração de pessoas é potencializado, o que não é permitido.

Está liberado o trabalho dos ambulantes, desde que respeitando todas as normas de higienização e distanciamento (com faixa limitadora, evitando que os clientes fiquem muito próximos) e demais medidas profiláticas para evitar o contágio da covid-19.

Horários e regras para os comércios

Segundo o que prevê a fase amarela do Plano São Paulo, do Governo do Estado, há diferenças nos horários de funcionamento das atividades, em especial dos comércios de rua, shoppings, bares e restaurantes.

O que não mudou e segue sendo austero são os cuidados profiláticos exigidos de quem abrir as portas para receber o público. A começar pela lotação máxima, em geral, restrita a 40% da capacidade total.

Confira:
• Comércio de rua: das 10 às 18 horas (de segunda a sábado)
• Shoppings: das 14 às 22 horas (todos os dias)
• Bares, restaurantes e similares: das 11 às 19 horas ou das 16 à 0 hora (todos os dias)

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Condema aprova 1º fase do Plano de Conservação e Recuperação da Atlântica

Da Reportagem O Condema – Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Guarujá, aprovou na última quarta-feira (16), a 1ª fase do Plano Municipal de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica – PMMA. Pioneiro não apenas em Guarujá, como na Baixada Santista, e desenvolvido por técnicos do município, o plano contará com compartilhamento de Leia mais

Flexibilização – Prefeitura autoriza eventos sociais e prática de esportes

A quarentena de controle a pandemia do novo coronavírus da mais um passo para a flexibilização em Guarujá. Foi publicado no Diário Oficial de quarta-feira (9), dois decretos municipais que autorizam e regulam o funcionamento estabelecimentos privados com finalidade esportiva para treinos e competições em algumas modalidades, como futebol. Outro decreto também permite a realização Leia mais

Guarujá recebe R$ 3,4 milhões do Estado para o turismo

Neste mês de agosto, R$ 23,1 milhões foram transferidos do Estado para os municípios de interesse turístico; Na Baixada Santista, foram contempladas: Guarujá, Bertioga, Itanhaém, Peruíbe, e São Vicente, dividindo R$ 3,9 milhões. Da Redação A Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, por meio do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos Leia mais