Prefeitura anuncia medidas para conter enchentes

Assunto foi debatido na terça-feira (11), em reunião entre o prefeito Válter Suman e seu secretariado, além da Defesa Civil e demais assessores, em função das ocorrências registradas no período

Da Redação

A população de Guarujá conhece bem os transtornos que as chuvas de verão trazem para a cidade, especialmente quando as chuvas características da estação encontram a maré alta. Na última semana, com os maiores índices de chuvas para o mês de fevereiro, a cidade registrou diversos pontos de alagamentos e a população mais uma vez cobra ações da prefeitura para sanar esse problema, que já é crônico.
Para responder a essas reivindicações, a prefeitura de Guarujá informa que iniciam nos próximos dias, algumas medidas emergenciais voltadas à contenção de enchentes e alagamentos. Especialmente nos locais atingidos pelas chuvas como Santa Rosa, Santo Antônio, Enseada, Prainha e outras localidades de Vicente de Carvalho.
O assunto foi debatido na terça-feira (11), em reunião entre o prefeito Válter Suman e seu secretariado, além da Defesa Civil e demais assessores, em função das ocorrências registradas no período. Durante o encontro foi destacado que as enchentes e inundações estão relacionadas a fatores naturais mas, também, à interferência humana, com o mau uso do espaço urbano, descarte irregular de lixo e outros detritos, provocando o entupimento de bueiros, e a interrupção do fluxo de água e galerias pluviais, por exemplo.
Em vistas desses fatores, a Prefeitura definiu algumas medidas para começar a minimizar o problema, que vem se aliar a ações que a Administração Municipal já realiza desde 2017.
Entre as medidas anunciadas para amenizar os impactos dos alagamentos estão a locação de mais equipamentos, inclusive caminhões, para reforçar a execução de limpeza de canais e bueiros; notificação de conscientização das pessoas que estão nas casas em situação de invasão, tendo em vista que um dos principais problemas na Cidade são as ocupações irregulares; e a continuidade dos projetos de macrodrenagem, que são fundamentais para o fim das enchentes e alagamentos.

Macrodrenagem
Com foco no fim dos alagamentos, a Prefeitura foi buscar recursos na esfera federal para realizar duas grandes obras de macrodrenagem e infraestrutura, que juntas somam investimentos de mais de R$ 150 milhões – os projetos de macrodrenagem da Bacia do Rio do Meio e do Rio Santo Amaro.
Durante a reunião desta terça-feira (11), foi anunciado que o projeto de macrodrenagem do Rio do Meio, no que se refere à infraestrutura urbana, foi concluído e licitado. A obra terá início nas próximas semanas.
Já o projeto da obra de macrodrenagem do Rio Santo Amaro foi concluído pela Seplan. A Prefeitura aguarda a conclusão das licenças ambientais, que serão emitidas pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e, assim que vencida esta fase, será aberto o edital de licitação para realização do serviço.

Em Guarujá, chuvas ultrapassam média histórica para o mês

A região da Baixada Santista registrou diversas ocorrências relacionadas às chuvas que atingiram o Estado nesta semana. De acordo com a Defesa Civil de Guarujá, nos primeiros 11 dias de fevereiro foram registrados 266 mm de chuva, índice que ultrapassou a média prevista para o mês de fevereiro, que era de 262,3 mm. Nesta quinta-feira, fechamento desta edição, ainda ocorrem períodos de chuvas esparsos e, neste momento, o Município encontra-se em estado de Atenção.
Durante o período de chuva, a Defesa Civil atendeu sete ocorrências: um escorregamento no Morro da Bela Vista, na Vila Edna; e outro de pequeno porte na Rua Colômbia, na Vila Baiana. Em ambas as ocorrências, não houve registro de vítimas.
Ocorreu também um deslizamento de terra na Estrada Guarujá- Bertioga, km 5 e foram registradas, ainda, quedas de árvores e deslizamentos nos Morros do Outeiro e no acesso ao Morro do Sorocotuba, sem vítimas.
Atenção
A Defesa Civil mantém uma equipe em alerta 24 horas por dia. Porém, neste período de chuvas intensas, vale sempre seguir as recomendações de se evitar entrar em enxurradas e enchentes; nunca atravessar áreas alagadas, mesmo que se conheça a região; e, caso esteja no trânsito e for pego por uma chuva forte, não sair do carro.
Se morar em área de morros ou encostas, observe sinais como árvores ou postes com inclinações fora do normal, muros e paredes com trincas, água entrando em casa, enxurrada com muito barro. Ao confirmar estes sinais, saia imediatamente de casa e acione a Defesa Civil pelo telefone 199.

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Governo executa pavimentação em mais de 100 ruas

De Guarujá Uma nova realidade na infraestrutura urbana de Guarujá e Vicente de Carvalho começa a tomar corpo, com os serviços de repavimentação, drenagem e sarjetas em mais de 100 vias públicas de ruas e avenidas, obra em andamento na Cidade. No Pae Cará, já são 32 vias praticamente concluídas. Na última terça-feira (18), técnicos Leia mais

Guarujá reforça a segurança durante o Carnaval

Está em vigor em Guarujá a Operação Carnaval, ação que visa reforçar a segurança de turistas e moradores durante o feriadão de folia na Cidade. A ação de iniciativa municipal, que começou no último final de semana e segue até a quarta-feira de Cinzas (26), vai dispor de 13 viaturas, 14 bikes, quatro motocicletas, quatro Leia mais

Programa ‘Vizinhança Solidária’ganha força em Guarujá

Criado pela Polícia Militar (PM) em 2009 na capital paulista, o programa ‘Vizinhança Solidária’ cresce em Guarujá, graças a uma parceria entre o poder público e a população. A ação colaborativa, que tem o objetivo de promover o bem estar público, já está presente em três bairros, chegando agora na Barra Funda. Associações, Conselhos Municipais Leia mais

Bandas e blocos garantem a folia em Guarujá

Programação segue até terça-feira, dia 25, com 11 bandas fixas e 14 itinerantes, que levarão a festa para os bairros da Cidade O Carnaval de Guarujá está oficialmente aberto. Desde o último sábado (15), os blocos fixos e itinerantes da Cidade começaram a animar os foliões, com uma programação que segue até terça-feira (25). Nesta Leia mais