Credito Diego Marchi

Prefeitura e Estado garantem mais um ano de locação social às vítimas dos deslizamentos

Governador entregou obras de contenção de encostas no Morro do Macaco Molhado e anunciou a prorrogação do auxílio pelo Estado

Em visita a Guarujá, na manhã desta quinta-feira (18), o governador João Dória assinou o termo de autorização para renovação dos convênios de Auxílio Moradia Emergencial (AME), que contempla 600 moradores atingidos pelo temporal de março do ano passado. O governador também anunciou outro convênio, para atender as 90 famílias desabrigadas após o incêndio na Comunidade Prainha, na semana passada. A solenidade foi realizada na Escola Estadual Milton Borges Ypiranga, na Vila Edna.

O auxílio às vítimas dos deslizamentos se encerraria no próximo mês. Com a renovação do convênio, o auxílio será repassado até março de 2022. As famílias continuarão recebendo o valor de R$ 500 para pagamento de aluguel, sendo que R$ 300 do AME e R$ 200 complementado pelo Município, por meio da Secretaria Municipal de Habitação (Sehab). Os moradores da Prainha também receberão a mesma quantia ao longo de 12 meses. “O auxílio chega em boa hora, haja vista que, na semana passada tivemos mais uma tragédia a afetar nosso povo”, disse o prefeito Válter Suman.

A visita do governador João Doria teve como objetivo a entrega das obras de contenção na encosta do Morro do Macaco Molhado, em Guarujá. As obras receberam investimento de R$ 23,5 milhões, por meio de convênio firmado junto à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Regional. As obras de contenção de encostas foram realizadas em uma área total de 6.314,37m² e garantem maior segurança para os moradores de todo entorno do Morro do Macaco Molhado.

“Essa obra representa um investimento de quase R$ 25 milhões do Estado de São Paulo, além de um investimento adicional da Prefeitura de Guarujá. Todo o sistema de impermeabilização, construção de drenagem, captação de água de chuva, é um trabalho de engenharia de primeira qualidade. É um exemplo e uma referência para outras obras preventivas”, destacou o governador.

Em seu discurso, o governador fez elogios à obra e parabenizou o prefeito: “Agradeço a forma eficiente que você, liderando a Prefeitura, contribuiu para minimizar os efeitos daquela tragédia de um ano atrás. Estendo meus cumprimentos a você e a todos da Prefeitura de Guarujá. Nós estivemos aqui naquele mesmo dia e você já estava aqui tomando providências, como cabe a um prefeito que é competente, sério e responsável, que tem compaixão com o seu povo. Você foi exatamente isso que acabo de mencionar”, declarou Doria.

“A palavra que simboliza esse momento é gratidão. Gratidão ao Governo do Estado de São Paulo em resposta ao pronto atendimento feito na liberação de recursos e reconstrução do Morro da Bela Vista, que foi totalmente destruído pela força da natureza”, destacou o prefeito Válter Suman. Guarujá ainda pleiteia recursos da ordem de R$ 44 milhões para investimento em obras de contenção da Barreira do João Guarda e de outros morros da cidade.

Fotos – Créditos: Diego Marchi

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Fase vermelha: Guarujá retoma barreiras sanitárias e restrições no comércio

Guarujá seguirá restrições impostas pelo Plano São Paulo do Governo do Estado Medidas que visam conter o avanço da Covid-19 entram em vigor sábado (6); haverá restrições no comércio e também no uso das praias Guarujá – Seguindo as medidas anunciadas pelo Governo do Estado, na última quarta-feira (3), que reclassificaram toda a Baixada Santista Leia mais

Guarujá inicia vacinação de idosos entre 77 e 79 anos na quarta (3)

Foram entregues 2.300 doses da CoviShield, da Fiocruz, e mais 4.940 da CoronaVac, do Butantan; idosos de 77 a 79 anos começam a ser imunizados a partir de quarta (3) Guarujá recebeu 7.240 doses, entre as vacinas CoviShield, da Fiocruz, e CoronaVac, do Butantan, para seguir vacinando profissionais de saúde e idosos. Foram 2.300 doses Leia mais

Construção civil promete abrir novos postos de trabalho em Guarujá

Novo empreendimento imobiliário na Praia do Guaiuba deve gerar cerca de 300 empregos diretos e indiretos na Cidade, desde pedreiros e serventes até cargos que exigem especialização, como mestre de obras, eletricistas, azulejistas, entre outras funções ligadas à construção civil. Guarujá – Um canteiro de obras recentemente instalado próximo à Praia do Guaiúba está chamando Leia mais