Preso o 3º suspeito de matar esposa de ex-candidato a governador de Guarujá

O terceiro suspeito de participação no latrocínio de Virginia Tavares Ferraz Ramos, esposa do ex-candidato a Governador do Estado de São Paulo, Claudio Fernando Aguiar, o Prof. Claudio Fernando (PMN), foi preso pela Polícia Militar Ambiental de Guarujá, nesta segunda-feira (10). Ele foi localizado em São Sebastião, no litoral norte. Outros dois suspeitos já haviam sido capturados.

O crime aconteceu no dia 3 de fevereiro, quando a esposa do político chegava ao trabalho de carro e foi abordada por criminosos armados, que anunciaram o assalto. Um dos bandidos atirou e dois disparos acertaram Virginia, um na cabeça e outro no pescoço.

O pai dela, Walter Antonio Ramos, presenciou o momento em que a filha foi atingida pelos tiros e chegou a lutar com o bandido que efetuou os disparos, conseguindo detê-lo. Ele foi preso pela Polícia Militar e conduzido a Delegacia Sede da cidade. Segundo a Polícia Civil, o rapaz confessou o crime e foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Vicente.

Um dia após o latrocínio, o segundo suspeito de participar do crime foi localizado por equipes da Força Tática da Polícia Militar, na Praia da Enseada. Ele foi levado para delegacia, onde foi interrogado e passou por reconhecimento facial. Segundo a polícia, ele também confessou participação no assalto que vitimou a comerciante.

Após a prisão do segundo suspeito, policiais realizaram diligências para localizar o terceiro comparsa. Nesta segunda-feira, o homem foi encontrado e capturado em São Sebastião, sendo levado posteriormente à delegacia local. O suspeito teve a prisão temporária decretada pelo Juízo da 3ª Vara Criminal de Guarujá.

Segundo a Polícia Civil, policiais seguem em diligências para tentar localizar o veículo utilizado pelo trio e as esclarecer circunstâncias pontuais da investigação.

O CASO
Virginia foi até uma agência bancária, onde sacou uma grande quantia em dinheiro. Assim que saiu do local, ela dirigiu até a esmalteria dela, localizada na avenida Miguel Alonso Gonzáles, no Jardim Las Palmas, Guarujá. Quando estava chegando no estabelecimento, um homem anunciou o assalto.

O pai da vítima, que estava no local, abriu a porta e escutou os três tiros. Dois disparos acertaram Virgínia, um na cabeça e outro no pescoço. Ela foi levada para o Hospital Santo Amaro, mas durante o procedimento cirúrgico, sofreu três paradas cardiorrespiratórias e morreu. Dois suspeitos estão presos e um comparsa segue foragido.

Imagens de câmeras de monitoramento mostraram o principal suspeito de atirar em Virginia a seguindo momentos antes da tentativa de roubo. No vídeo, a vítima aparece voltando da agência bancária e o suspeito passando de moto em seguida.

Mapa mostra percurso de vítima onde, de acordo com marido, foi perseguida por bandidos

De acordo com Claudio, o crime teria sido premeditado e sua esposa, a Virgínia Tavares Ferraz Ramos, de 38 anos, teria sido seguida por pelo menos 20 km pelos bandidos. (Fonte: G1)


 

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Infraero assume operação do Aeródromo Civil Metropolitano de Guarujá

Operação inicia em seis meses; Gigante do mercado aeroportuário mundial vai providenciar registro do equipamento na Anac e recuperação da pista Da Redação Uma das maiores operadoras aeroportuárias do mundo, a Infraero assumiu a gestão e operação do Aeródromo Civil Metropolitano de Guarujá. A apresentação da parceria foi feita neste sábado (30), em coletiva que Leia mais

Governo do Estado apresenta nova quarentena

O Governador João Doria apresentou nesta quarta-feira (27) o Plano São Paulo para reabertura de setores da economia durante a quarentena de enfrentamento ao coronavírus. A partir de 1º de junho, índices de ocupação hospitalar e de evolução de casos em 17 regiões do estado vão definir cinco níveis restritivos de retomada produtiva segundo critérios Leia mais

Guarujá tem novo aumento no número de recuperados

A Secretaria de Saúde (Sesau) informa que neste segunda-feira (25) confirmou um óbito que teve como causa principal a infecção pelo novo coronavírus. A covid-19 matou 61 pessoas na Cidade. Nas últimas 24 horas, a Vigilância Epidemiológica informou 8 exames positivos para a doença. O consolidado de casos confirmados é de 735. São 158 os Leia mais