Guarujá reduz em 50% taxa de abandono no tratamento de HIV

Na semana em que celebra o Dia Mundial de Luta Contra a Aids (1º de Dezembro), a Prefeitura de Guarujá divulgou uma excelente notícia. Em recente levantamento feito pelo Governo do Estado e Governo Federal, Guarujá registrou o menor índice de taxa de abandono no tratamento de pacientes com HIV do Estado de São Paulo. A queda foi de aproximadamente 50% e aponta a qualidade do atendimento especializado no Município.
Em maio deste ano, a taxa de abandono era de 8,2%. Já em novembro, o número caiu para 4,3%, sendo a menor do Estado, onde a taxa geral foi de 14,7%. Os dados foram divulgados pelo Centro de Referência em Tratamento de DST/AIDS de São Paulo (CRT-SP).
Em Guarujá, a Unidade Complexa William Rocha (Jardim Boa Esperança) é especialista em HIV/AIDS e em outras doenças infectocontagiosas, sendo também referência no tratamento de hepatites B e C. O local oferece assistência para o tratamento das doenças e foi fundamental para a diminuição da taxa de abandono. Os profissionais realizam o tratamento de maneira individualizada e multidisciplinar, além da busca ativa dos pacientes.
Diretor da Unidade Willian Rocha, Ney Almeida Grilo, comenta o reconhecimento da Unidade pela qualidade e agilidade do serviço. “Conseguimos realizar abertura de prontuário, consulta médica, exames e dispensação de medicamentos em apenas doze dias, bem abaixo da meta esperada, de um mês. O número representa mais pacientes em tratamento e com mais saúde, assim podemos quebrar a cadeia de transmissão da doença”.
Outro ponto que contribui na redução do número de pessoas que abandonam o tratamento é a humanização no atendimento prestado a esses pacientes. No serviço oferecido pela Unidade Complexa, por exemplo, os pacientes recebem atenção especial dos farmacêuticos locais – profissionais que têm papel fundamental durante a retirada de medicação por parte dos doentes, que são conscientizados e incentivados a continuarem o acompanhamento.
“Na maioria das vezes, somos nós que recuperamos aqueles pacientes em abandono por meio de conversas e orientações; eles se sentem mais à vontade”, conta Maurício Marassi, farmacêutico do William Rocha.

Serviço
A Unidade fica na Rua Helio Ferreira, 369 – Jardim Boa Esperança, em Vicente de Carvalho e funciona de segunda a sexta-feira, das 7 às 18 horas. Para o teste anti-HIV, basta comparecer em qualquer unidade de Saúde da Cidade. Com 30 minutos de espera, o munícipe já fica sabendo do resultado.


Economia na Câmara garante compra de novos equipamentos para a GCM

Somente em 2018 poupamos R$ 6 milhões – Edilson Dias. Pistolas e coletes balísticos foram adquiridos com verbas poupadas pelo legislativo municipal ao longo de 2018

As economias de recursos feitas pela Câmara Municipal de Guarujá têm auxiliado a Prefeitura a investir na melhoria dos serviços prestados à população. Na quarta-feira (4/12) a Guarda Civil Municipal (GCM) recebeu mais 62 pistolas calibre 380 que foram adquiridas com verba devolvida pelo Legislativo Municipal, ainda no final de 2018. Essas novas armas se somam a outras 35, entregues em março, totalizando 97 pistolas.
No mês passado, a GCM também recebeu 50 coletes balísticos que foram comprados com reservas da Câmara Municipal. “Somente em 2018 poupamos R$ 6 milhões, que ao longo deste ano foram investidos em diversas áreas e serviços da Administração Municipal”, explica o presidente do legislativo, Edilson Dias. Neste mês de dezembro, segundo ele, mais R$ 6 milhões serão devolvidos à Prefeitura.
O valor representa 30% da verba de custeio da Câmara Municipal. Parte deste recurso extra (cerca de R$ 4 milhões) deve ser aplicado na construção de uma UPA em Vicente de Carvalho.
Se somados os recursos economizados desde 2017, o montante devolvido já totaliza R$ 16 milhões.

Medidas

Para tanto, uma série de medidas foi adotada pela atual mesa diretora – formada pelos vereadores Juninho Eroso, Joel Agostinho e José Nilton Lima de Oliveira, sob a presidência do vereador Edilson Dias.
A renegociação de contratos com empresas prestadoras de serviços possibilitou a redução de 25%, em média, dos valores que até então eram gastos. Também ocorreram novas licitações, mais transparentes, e com regras que permitiram a participação de maior número de empresas – o que resultou na contratação de produtos e serviços por valores menores.
Em complemento a tudo isso, foi limitado o uso dos carros oficiais; houve cortes de gratificações e iniciado um controle rigoroso de horas extras, assim como de uso de materiais e demais recursos colocados à disposição dos gabinetes, entre outras ações que tornaram mais eficiente a máquina administrativa do parlamento local.

Controladoria

Também foi criada a Controladoria Interna da Câmara Municipal, que promove auditoria permanente das ações administrativas, evitando falhas e ajudando na fiscalização de contratos; além da ampliação das regras gerais de gestão e fiscalização de contratos firmados pela Câmara de Guarujá, que passaram, neste ano de 2019, a ser monitorados permanentemente por uma comissão gestora, formada por 11 funcionários de carreira que atuam como fiscais e gestores de contratos – e são supervisionados por um controlador, com autonomia para repassar diretamente ao TCE eventuais irregularidades detectadas.


Melhorias na Marginal da Avenida Piaçaguera

A Prefeitura de Guarujá, em parceria com empresas retroportuárias, estabelecidas ao longo da Avenida Marginal Cônego Domênico Rangoni – mais conhecida como Piaçaguera, promoveram no último sábado (30), a recuperação da pista, com serviço de nivelamento. Os serviços foram concluídos no mesmo dia.
A ação, conduzida pelas secretarias de Desenvolvimento Econômico e Portuário (Sedep) e de Operações Urbanas (Seurb), foi realizada para melhorar o tráfego local, tendo em vista que a via é usada quase que exclusivamente por carretas e veículos de grande porte, que carregam e descarregam nos terminais instalados na marginal.
As empresas Cortês, Fassina, Santos Brasil Logística, Sabesp e Intervales disponibilizaram material para a manutenção da via. A Prefeitura de Guarujá, por meio da Seurb, cedeu o maquinário para execução dos serviços. A ação contou com o apoio da Polícia Rodoviária.


Governo deverá lançar novo edital nas próximas semanas

A Prefeitura de Guarujá deverá relançar nas próximas semanas um novo edital de concorrência pública para concessão da construção, exploração e manutenção do Aeródromo Civil Metropolitano de Guarujá. Na última quarta-feira (04), houve a votação de recurso impetrado por uma construtora ao atual edital (nº 05/2019), no Tribunal de Contas do Estado (TCE).
De acordo com informações da prefeitura, os questionamentos ao edital, feitos pela Construtora Estrutural Ltda., foram parcialmente acolhidos pelo órgão. Por outro lado, a defesa apresentada pela Administração Municipal também foi, em partes, acolhida.
Com a decisão, a Administração do Prefeito Válter Suman deverá adequar o edital de concorrência às medidas corretivas sugeridas pelo TCE e, assim, fazer um novo lançamento, o que deve ocorrer nas próximas semanas. Para tanto, aguarda comunicado oficial do Tribunal neste sentido.
O edital em vigor, paralisado em 6 de setembro deste ano pelo TCE por “indícios de restrição indevida à competitividade”, despertou interesse de 12 empresas para operar o complexo, na Base Aérea de Santos, em Vicente de Carvalho.
Em nota, a Prefeitura de Guarujá “avalia que a análise no TCE é um avanço no processo licitatório, uma vez que a matéria, assim, passa a ter o crivo do órgão, o que diminui as chances de novos recursos quando o novo edital for disponibilizado às empresas interessadas em investir no empreendimento.”
Entre os pontos de adequação indicados na decisão, a Prefeitura deverá disponibilizar neste novo edital “informações sobre a memória de cálculo de projeções de receitas e de investimentos” e, também, que “estabeleça penalidades específicas para as hipóteses de inadimplemento total ou parcial do contrato; e que ajuste as cláusulas atinentes à eficácia do contrato.”


Caminhada Ecológica reúne quatro mil pessoas no forte

A 10ª Caminhada Ecológica reuniu quatro mil pessoas no Forte dos Andradas em Guarujá, no último domingo (1). O evento aconteceu em comemoração ao 39º aniversário da 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea e ao 77º aniversário do Forte dos Andradas. Durante a atividade foram arrecadadas quatro toneladas de alimentos não-perecíveis, que serão destinados ao Fundo Social de Solidariedade.
A prova teve um percurso de 8 km, onde os esportistas atravessaram o interior do quartel em direção à Praia do Monduba. Além disso, também houve exposições de equipamentos militares e carros antigos, além de postos de verificação de pressão arterial.

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Agência faz vistorias na região, e município cobra soluções

Agentes da Arsesp – Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo passaram os últimos dias fazendo vistorias em dependências operacionais da Sabesp na Baixada Santista. A ação foi realizada em resposta a reclamação formal feita pela Prefeitura de Guarujá, em razão de ocorrências de desabastecimento de água e extravasamento de poços Leia mais

Celebração ao padroeiro terá programação semanal especial

No dia 15 de janeiro, Guarujá comemora o Dia de Santo Amaro, Padroeiro da Cidade e a Administração Municipal celebra a data com uma vasta programação de atividades, que começa nesta terça-feira, dia 14, às 9 horas, com a entrega da reforma da Escola Municipal (EM) Cônego Domenico Rangoni, que fica na Rua Bandeirantes s/n, Leia mais

Prefeitura multa Sabesp por falta de água no réveillon

Diante das inúmeras reclamações de munícipes e turistas referentes ao casos de falta de água e extravasamento de poços de visita em diferentes regiões da Cidade nos últimos dias, a Prefeitura de Guarujá aplicou, nesta sexta-feira, (03) multa de R$ 50 mil à Sabesp. De natureza ambiental, a sanção foi apenas uma das medidas tomadas Leia mais