Ministério Público investiga políticos e empresários da região

A Operação Cadeia Alimentar II, do Ministério Público Federal (MPF) deflagrado nesta terça-feira (26), em conjunto com a Polícia Federal, agitou a região nesta terça-feira (26), quando Policiais Federais executaram 27 mandados de prisão temporária e 55 de busca e apreensão em diversas cidades do Estado de São Paulo. A ação apura desvio de verbas no fornecimento de merenda escolar de 23 cidades paulistas, entre 2013 e 2017.
Na Baixada Santista, a operação executou a prisão temporária do ex-secretário de Gestão de Cubatão, Marco Fernando da Cruz, e o cumprimento de mandados de busca e apreensão nas casas da ex-prefeita cubatense Marcia Rosa (PT) e da vereadora de Guarujá Andressa Sales (PSB).
Há ainda dois empresários com residências na região, cujos nomes não foram informados pela PF, que tiveram a detenção decretada e foram encaminhados à Superintendência Regional, em São Paulo. Em Santos e São Vicente, outras duas prisões temporárias deixaram de ser cumpridas, pois os acusados não foram localizados.
As medidas foram autorizadas pela 4ª Vara Federal de Ribeirão Preto (SP) e se baseiam em informações obtidas por meio de um acordo de colaboração premiada que dois envolvidos no esquema firmaram com o MPF e a PF.
Além de autorizar as prisões e a obtenção desses itens, a Justiça Federal determinou o bloqueio de bens dos envolvidos, em quantia que alcança o total de R$ 2 bilhões.
Segundo informado pelo MPF, as irregularidades sob investigação abrangem contratos para fornecimento de alimentação escolar nos municípios de Americana, Barretos, Barueri, Cubatão, Franca, Guarujá, Guarulhos, Iperó, Itapetininga, Jandira, Jarinu, Limeira, Marília, Morro Agudo, Paulínia, Peruíbe, Pirassununga, Porangaba, Rio Claro, São Carlos, São Roque, São Vicente, Sorocaba e Taquaritinga.
A operação realizada nesta terça é uma continuidade da Operação Cadeia Alimentar, deflagrada em maio do ano passado. Os alvos são investigados pela prática de organização criminosa, fraude a licitações, falsidade ideológica, corrupção ativa e passiva e prevaricação. Segundo as apurações, o esquema foi capitaneado por um frigorífico sediado na cidade de Brodowski, com o auxílio de outras firmas do mesmo grupo.
Esquema – A partir do pagamento de propinas, que giravam em torno de 10% do valor dos contratos, os envolvidos direcionavam licitações para favorecer a empresa lançando mão de uma série de fraudes, como a simulação de concorrência, o ajuste prévio de preços e a inclusão de exigências técnicas nos editais que limitavam a participação de outros interessados. Concluídos os processos de seleção, o frigorífico fornecia os produtos com superfaturamento ou, em alguns casos, sequer os entregava, embora recebesse os pagamentos referentes a eles.
Respostas – A Prefeitura de Guarujá informa por meio de nota que nenhum servidor, ex-servidor ou qualquer repartição ligada à Prefeitura de Guarujá foi alvo desta operação da Polícia Federal. Já a assessoria da vereadora Andressa Salles declarou que a vereadora encontra-se de licença médica desde o dia 12 deste mês, não tem ciência do teor dos autos e confia no trabalho do Ministério Público e Justiça Federal. A nota ressalta, ainda, que “acha estranho que no momento mais combativo de seu mandato, fatos como este surjam para denegrir a imagem de uma parlamentar exemplar que luta pelas comunidades mais carentes da cidade”.


Pacientes já podem receber visitas de pets

Foi aprovado na sessão legislativa desta terça-feira (26/11) o Projeto de Lei 061/2019, de autoria do vereador Nego Walter (PSB), que permite a entrada de animais de estimação em hospitais e similares públicos, presentes no Município, para visitas a pacientes internados.
O intuito é que a medida auxilie no tratamento de doenças, tendo em vista os benefícios terapêuticos que a relação com animais domésticos desperta nos seres humanos. Esses efeitos positivos já são reconhecidos pela comunidade médica de inúmeros países, inclusive pela Organização Mundial de Saúde (OMS).
A explicação está na geração de estímulos hormonais que provocam bem-estar, como o cortisol e a ocitocina, e trazem benefícios físicos e mentais aos pacientes.
“No Brasil, hospitais renomados já se beneficiam dessa terapia, como o Albert Einstein e o Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas, obtendo ótimos resultados terapêuticos”, destaca Nego Walter.
De acordo com o texto aprovado pelos vereadores, a entrada dos animais poderá ser permitida desde que estejam vacinados e higienizados. Caberá aos responsáveis comprovarem por meio de laudo veterinário a boa condição de saúde de cada visitante.
O projeto agora seguirá para a análise do prefeito Válter Suman (PSB), a quem caberá sancioná-lo ou vetá-lo.


Lei quer valorizar atuação de catadores

É de autoria do vereador José Nilton (Doidão – Cidadania), o projeto de Lei que visa fomentar a valorização da atividade de catadores de reciclados, com a criação do Programa Municipal de Apoio aos Catadores de Materiais Recicláveis de Guarujá.
A seleção dos participantes no programa seguirá análise socioeconômica. A atividade, que é uma fonte importante de sustento de diversas famílias na cidade, receberia através do programa orientações para a formação de cooperativas ou outras formas de associativismo destinados à reciclagem, comercialização e eventual industrialização de materiais recicláveis, para a geração de emprego e renda.
O programa ainda contará com a articulação de uma rede com a atuação do empresariado local.


Operação interdita ferros-velhos

A terceira operação contra receptação de fios de cobre e cabos furtados de empresas prestadoras de serviço na Cidade foi realizada na última semana (21) e resultou em três estabelecimentos interditados por falta de alvará de funcionamento e um homem detido.
A ação foi realizada pela Guarda Civil Municipal de Guarujá (GCM), em parceria com a Delegacia de Investigações Gerais da Polícia Civil (DIG) de Santos.
Em um dos estabelecimentos, os agentes encontraram um cavalete furtado da Sabesp. O proprietário foi detido e encaminhado à DIG, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante por receptação. “Estamos fechando o cerco contra a receptação em nossa Cidade. A prática ilegal alimenta os pequenos furtos e prejudica a população, que fica sem serviços essenciais”, afirmou o diretor da GCM, Luiz Carlos Mariano.

Animais silvestres
Para a surpresa da equipe, foram encontrados também quatro jabutis. Os animais foram encaminhados para o Centro de Pesquisa e Triagem de Animais Silvestres (Ceptas), em Cubatão.


Black Friday

Compras na baixada santista podem superar R$ 29 milhões

Da Redação

A Black Friday já se consolidou como o dia mais importante para o comércio eletrônico nacional e tem a expectativa de superar os R$3,15 bilhões no Brasil, com uma movimentação recorde em 2019.
Esse faturamento significa um aumento de 21% em comparação com o ano passado, segundo estimativa de dados gerados a partir do histórico das edições anteriores e com base no tráfego do site oficial do evento: www.blackfriday.com.br.
São Paulo é o Estado que deve apresentar maior faturamento da região Sudeste, com cerca de R$1,2 bilhões, o que representa 36% do total nacional de vendas este ano durante o período da Black Friday. Santos, São Vicente, Praia Grande e Guarujá são as cidades que impulsionam as vendas na região e devem movimentar juntas cerca de R$29 milhões.
A região sudeste é a responsável pelo maior faturamento em números absolutos da Black Friday, com 59% do total do evento. Seguida por Sul (16%), Nordeste (14%), Centro Oeste (8%), e Norte (3%).
“O [evento] Black Friday vem batendo recordes de faturamento todos os anos, desde quando lançamos o evento no Brasil. Depois de um crescimento mais moderado nos anos do ápice da crise, hoje, ainda que a economia não esteja totalmente recuperada e com turbulências políticas, há uma maior confiança para gastar, inclusive aproveitando-se de compras represadas nesses períodos”, explica Ricardo Bove, idealizador da Black Friday.
Os produtos que possuem maior intenção de compra para 2019 segue o perfil já consolidado pelo evento: aqueles de maior valor agregado e de desejo. O destaque fica por conta dos produtos abaixo, segundo pesquisa realizada no site oficial do evento:

Produtos mais procurados
• Smartphones (37%)
• Eletrodomésticos (36%)
• Televisores (29%)
• Informática (24%)
• Móveis e Decoração (22%)

Previsão de faturamento das cidades de Santos e região

Santos: R$16.559.907,28
São Vicente: R$4.540.081,96
Praia Grande: R$4.645.665,26
Guarujá: R$3.150.828,00

Fonte: www.blackfriday.com.br

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Mãe pede ajuda após filho com doença rara perder todos os movimentos

O diagnóstico de uma doença genética rara mudou radicalmente a vida de Diego Bezerra Dias Junior, de 13 anos. O menino, que sempre estudou e praticou exercícios físicos, hoje não consegue se movimentar ou se alimentar sozinho. Morador de Praia Grande, ele é vítima da ‘Doença de Lorenzo’, que atinge apenas um homem em cada Leia mais

Operação Verão inicia neste sábado e segue até o Carnaval

Visando garantir o ordenamento das praias da Cidade, tendo como foco a próxima temporada, a Prefeitura de Guarujá dá início neste sábado (14) à Operação Verão. A ação, que partirá da Praça dos Expedicionários, em Pitangueiras (Centro), às 8 horas, vai garantir a ordem e o cumprimento das leis municipais na orla e será realizada Leia mais

Guarujá e Vicente de Carvalho ganham nova iluminação

Mais de 160 vias públicas ganham luminárias LED em Guarujá e Vicente de Carvalho Guarujá está ganhando vida com a modernização do parque de iluminação pública da Cidade. Há pouco mais de um ano, a Prefeitura de Guarujá iniciou um longo processo de substituição de lâmpadas de vapor por novas, de LED, que são mais Leia mais

Guarujá reduz em 50% taxa de abandono no tratamento de HIV

Na semana em que celebra o Dia Mundial de Luta Contra a Aids (1º de Dezembro), a Prefeitura de Guarujá divulgou uma excelente notícia. Em recente levantamento feito pelo Governo do Estado e Governo Federal, Guarujá registrou o menor índice de taxa de abandono no tratamento de pacientes com HIV do Estado de São Paulo. Leia mais