Editorial – Reflexões de fim de ano

As eleições do ano que vem prometem grandes emoções e muita desinformação nas redes sociais da internet. Guarujá tem por tradição acirrar as discussões entre grupos políticos, e não raras vezes levou essas discussões às últimas e violentas consequências.
É inegável que todos queremos um país e uma cidade melhor para se viver, mas nem por isso podemos deixar que usem nossa esperança para benefício próprio ou de alguns poucos. Amadurecemos politicamente nos últimos anos com as manifestações ocorridas que causaram a queda de um governo corrupto. Essa mesma força fez com que levássemos ao poder o mais fiel retrato da nossa sociedade.
O final de ano chegou e com ele as reflexões que marcam essa época. Que iniciemos esse momento com olhar crítico, pesando o feito pelo prometido, e que possamos estar lúcidos para analisar nos próximos meses os verdadeiros rumos que queremos ver a cidade seguir.

 

Aeroporto
Perguntar não ofende: se se trata de um processo de licitação transparente, porque não incluir desde o início do processo a análise do Tribunal de Contas a fim de se evitar esses ‘vai e vem’ de adequações à legislação? Sem mais, aguardemos nova licitação.

Pitangueiras
Acontece neste sábado, dia 7, às 19hs, a cerimônia de entrega da iluminação da Praia das Pitangueiras, às 19hs, na avenida da praia (Av.Marechal Deodoro), com Rua Santo Amaro. A entrega da iluminação faz parte do plano de revitalização das praias da Cidade. Já foram contempladas as orlas do Tombo, Astúrias e uma parte da orla da Enseada.

Mais visitada
A página do prefeito Suman no Facebook destacou nesta semana que a cidade de Guarujá é a terceira em preferência nacional para as festas de réveillon. Não da para negar que a cidade está bonita e acolhedora, com muitas novidades e atrações turísticas, e com cada vez mais pessoas visitando a cidade nos feriados.

Bombando
No entanto, a postagem que trazia informação absolutamente verdadeira, carecia de uma atualização, pois era do ano de 2017. Apesar da turma do ‘quanto pior’ usar o fato para desmerecer a equipe do governo, o fato é que a cidade está bombando cada vez mais e a temporada está aí para comprovar que Guarujá merece estar no topo sempre.

Veeenham!
Por falar em preferência, é inegável que a alta do dólar já tem reflexos na cidade de Guarujá. A ocupação de hoteis e pousadas vem se recuperando desde setembro e esta temporada promete ser a mais concorrida, já que muitas famílias adiaram as viagens internacionais. Que venham turistas e veranistas! Quem viver, verá!

Tumulto
Tumulto dentro e fora das lojas. A Black Friday foi um verdadeiro sucesso no comércio de Vicente de Carvalho. Só não foi melhor por causa dos transtornos no trânsito, devido às obras de saneamento. Estacionar foi tarefa das mais difíceis, especialmente em um data onde o transporte de mercadorias era essencial. Natal tá chegando…

Segurança
O prefeito Suman comemorou a entrega de mais 62 pistolas para a Guarda Civil Municipal. “Agora, temos 97 armas para reforçar a segurança na Cidade. Para manuseá-las, nossos agentes passaram por treinamento e capacitação, proporcionando as melhores condições de trabalho. Já habilitamos 140 guardas civis até o momento. Segurança é um item fundamental, e isso passa pela ampliação do efetivo da GCM, treinamento e parceria com outros setores de segurança. Tudo isso é fruto de muito trabalho. Vamos em frente, o trabalho é a melhor resposta!” Recado dado!

Turismo…
O Legislativo Municipal recebe na próxima segunda-feira (09), das 13 às 18 horas, o III Fórum de Turismo e Gastronomia de Guarujá, realizado pela Associação Brasileira de Jornalistas e Escritores de Turismo, em parceria com a ETEC Alberto Santos Dumont.

… e Gastronomia
O evento terá a presença de especialistas que discutirão assuntos sobre o setor turístico e gastronômico com profissionais da área e estudantes. Na ocasião, também a posse da nova diretoria da Associação Brasileira de Jornalistas e Escritores de Turismo. As atividades ocorrerão no auditório da Câmara Municipal, que fica na Av.Leomil, 291, Centro.

Última sessão
Por falar em Câmara, nesta próxima terça-feira, dia 10, acontece a última sessão ordinária do ano. A sessão tem previsão de início às 15hs e a entrada é garantida ao público em geral. Boa época para exercitar a cidadania e acompanhar as discussões dos vereadores sobre as questões da cidade.

“Guarujá no azul”

Uma das máximas mais populares na Administração Pública diz que não se deve governar olhando para o retrovisor. É, também, uma das máximas mais corretas, diga-se de passagem. Mesmo quando esse retrovisor é avaliado em nada menos que R$ 200 milhões, valor da dívida que o Município de Guarujá tinha com diversos fornecedores em atraso, incluindo várias parcelas de precatórios.
Foi esse o déficit encontrado no dia 1º de janeiro de 2017, início da atual Administração, que dentro de menos de um mês inicia seu quarto ano de trabalho. Ter as contas equilibradas é uma obrigação legal de todo gestor público, porém, se for possível comparar um Plano de Governo a um plano de voo, é inegável reconhecer que os restos a pagar representam um peso e tanto no delicado momento da decolagem.
Hoje, após três anos, Guarujá não só decolou como, com as dívidas herdadas pagas, conquistou autonomia de voo. O passivo compreendido entre 2012 e 2017 foi, finalmente, quitado. Há três anos, negociar com credores de um Município com grandes sinais de abandono – sobretudo no aspecto da zeladoria – e a credibilidade completamente abalada não foi tarefa das mais fáceis.
Manter a máquina funcionando e encontrar uma maneira de fazer mais com menos, sem desobedecer a legislação vigente, foi um verdadeiro desafio. Foi adotada uma estratégia inusitada, com parcelas variadas, uma proposta que dependia da aceitação de todos os 51 credores da fila, sem exceção, para sair, de fato, do papel. Funcionava assim: nos meses de maior arrecadação, pagamentos maiores. Nos meses com retração, pagamentos menores. Tudo com o devido aval do Tribunal de Contas do Estado, logicamente.
E assim foi feito, com o respaldo de legislação municipal específica para tal. Por isso, é imprescindível frisar que a parceria com a Câmara Municipal foi fundamental. A proposta inicial era quitação em 48 meses, prazo que acabou antecipado para 35 meses, findando o compromisso em novembro de 2019.
O planejamento foi rigorosamente cumprido, sem comprometer a execução do plano de governo e o princípio da evolução na administração pública, com foco nas prioridades de Saúde e Educação, sem esquecer das obrigações para com os servidores públicos.
Mesmo diante dos enormes obstáculos decorrentes da chamada década perdida, definição dada por economistas de renome para o cenário de severa crise econômica no Brasil, Guarujá venceu. Criatividade, inovação, diálogo permanente e resultado. Com união de propósitos e gestão focada e séria, é possível fazer um trabalho diferente e recobrar a credibilidade de toda uma cidade. O trabalho é, e sempre será, a melhor resposta.

Válter Suman, médico gastroenterologista e prefeito de Guarujá

Neste caso em São Paulo, com todo respeito à polícia lá da PM do Estado de São Paulo, que realmente é uma polícia de qualidade, ela é elogiada no país inteiro, aparentemente houve lá um excesso, um erro operacional grave que resultou na morte de algumas pessoas.

Sergio Moro – Ministro da Justiça e da Segurança Pública

 

 

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Opinião – Um olhar positivo sobre o que já está bom

Precisamos valorizar e analisar com um olhar positivo o que vem sendo realizado em nossa cidade. É muito difícil apontar uma gestão municipal que tenha agradado a 100% da população durante seu mandato. Não pela falta de ação, mas pelas questões individuais. Pergunte a um cidadão sobre o que ele acha de ter a feira-livre Leia mais

Opinião – Até quando esperar?

Até quando esperar? Todo ano é sempre igual. Verão é tempo de tempestades e chuvas intensas, independente dos processos climáticos que influenciam em maior ou menor grau a intensidade da água que desce dos céus. E a história se repete nas cidades, que por falta de planejamento urbanístico eficiente, sofrem com enchentes e alagamentos nesses Leia mais

Opinião – Continuamos indefesos

O assunto de Segurança Pública sempre ganha destaque quando um crime acontece e mexe com a sociedade. Na última semana, a morte de uma jovem mãe, empresária, e pessoa querida na cidade chocou pela frieza e brutalidade do ato. Mais do que isso, o crime ocorreu em um bairro ‘tranquilo”, em plena luz do dia, Leia mais

Editorial – A responsabilidade do formador de opinião

Em ano eleitoral não tem muito como fugir do assunto política, especialmente em Guarujá, onde as eleições já estão a todo vapor e as redes sociais, por enquanto, são as arenas principais dos pré-candidatos, desde os mais simples aspirantes a vereador, aos mais ambiciosos candidatos ao Executivo. A estratégia de batalha é quase a mesma: Leia mais