Após casos de trombose, novo estudo mostra que vacina da AstraZeneca é segura e eficaz

Estudo envolveu 32 mil voluntários no Chile, Peru e nos Estados Unidos

A vacina contra a covid-19 que a AstraZeneca desenvolveu com a Universidade de Oxford se mostrou 79% eficaz na prevenção de doenças sintomáticas em um grande teste no Chile, no Peru e nos Estados Unidos, informou a empresa nesta segunda-feira (22).

A notícia traz alento aos usuários da vacina no Brasil, após as notícias de suspensão do uso da Covishield na União Europeia depois de um número pequeno de relatos de coágulos sanguíneos raros em pessoas que receberam a vacina.

Esses países já retomaram o uso da vacina em seus programas de inoculação depois que uma agência reguladora regional disse que ela é segura, e vários outros países também estão adotando o imunizante para aumentar a confiança.

A Covishield também se mostrou 100% eficaz contra complicações graves ou críticas e hospitalizações e se mostrou segura, disseram os parceiros ainda nesta segunda-feira, ao divulgar os resultados do estudo de estágio avançado em humanos com mais de 32 mil voluntários de todas as faixas etárias.

Sobre os coágulos, a AstraZeneca disse que um comitê de segurança independente realizou uma análise específica dos coágulos sanguíneos no teste norte-americano, além de trombose venosa cerebral (TVC), que é um coágulo sanguíneo raro no cérebro, com ajuda de um neurologista independente.

A empresa, listada na bolsa de Londres, disse que o comitê não encontrou “nenhum risco adicional de trombose ou de acontecimentos caracterizados por trombose entre os 21.583 participantes que receberam ao menos uma dose da vacina. A procura específica por TVC não encontrou nenhum acontecimento neste teste”.

“Estes resultados são uma ótima notícia, já que mostram a eficácia notável da vacina em uma nova população e são condizentes com os resultados dos testes liderados pela Oxford”, disse Andrew Pollard, que administra o Grupo de Vacinas de Oxford.

A medição de eficácia ficou acima de uma taxa de cerca de 60%, citada pela agência reguladora da União Europeia em sua recomendação de dezembro.

Editado com informações de Reuters

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Coluna Só Para Pensar

A FUNÇÃO SOCIAL DE CADA UM Ruas, casas, edifícios, praças, fábricas, escritórios, lojas, supermercados, se somarmos todos estes elementos, além de outros não citados, não temos dúvidas de que estamos falando de uma cidade. Contudo, cidade é muito mais do que isso. Aristóteles, há mais de dois mil anos sentencia que “o todo é mais Leia mais

Coluna Só Para Pensar – De Ponta Cabeça

Sérgio Motti Trombelli O site Orla Notícias nos dá conta de que cada deputado federal brasileiro custa mensalmente ao nosso país cerca de R$ 182 mil reais. Isto se ele não viajar em “missão parlamentar”, porque aí terá direito às passagens, estada em hotel, etc. e uma diária em torno de mais ou menos $600 Leia mais

Coluna Só para Pensar: Vida

  Embora existam verbetes em dicionários que definem “vida”, não dá realmente para definirmos o que venha ser a vida. Todos sabemos o que ela é, porque a entendemos pela experiência pessoal de estarmos vivos, pela experiência de como conseguimos vivenciá-la. E como existe uma infinidade de espécies neste mundo de Deus, qual é a Leia mais

Coluna Só Para Pensar: “É preciso ser 100%?”

Você se lembra da passagem bíblica do jovem rico? Vamos relembrá-la. Matheus nos conta que o moço rico chegou a Jesus e disse: “O que devo fazer para alcançar a vida eterna?” Ao que Jesus respondeu: “Segue os mandamentos”. O jovem argumentou: “Faço isso desde a minha mocidade, o que me falta?”. Jesus, então, respondeu: Leia mais