Arrecadação de ISS no setor portuário cresce mais de 13% em um ano em Guarujá

De Guarujá

A arrecadação do Imposto Sobre Serviços (ISS) abrange desde a população em simples compras do cotidiano, até grandes empresas que atuam no setor portuário. Os terminais da margem esquerda do Porto de Santos, em Guarujá, são os maiores geradores deste tipo de imposto na Cidade. Para se ter uma ideia, os terminais portuários e retroportuários de Guarujá arrecadaram juntos, em 2019, 13,3% a mais que em 2018. Em números absolutos, as cifras passaram de R$ 84,1 milhões para R$ 95,3 milhões no período.
Esse incremento de 13,3% no ISS do setor portuário de Guarujá representou um crescimento expressivo, mais de três vezes acima do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado o parâmetro oficial da inflação no Brasil, que fechou 2019 em 4,3%.

Porto de Santos comemora 128 anos, neste mês de fevereiro, registrando avanços econômicos

Guarujá possui 10 terminais portuários e outros oito retroportuários em atividade atualmente, além das empresas que prestam serviços relacionados ao setor. Em volume, os terminais portuários são os grandes responsáveis por esse resultado positivo, passando de R$ 82,2 milhões de arrecadação para R$ 91,5 milhões. Porém, chama a atenção o grande crescimento dos terminais retroportuários.
Mais que o dobro
Embora não sejam tão representativos na arrecadação geral do Município quanto os gigantes terminais portuários, os terminais retroportuários apresentaram um excelente desempenho em Guarujá na comparação de 2018 com 2019.
A arrecadação dos retroportuários cresceu nada mais que 102,5% no período, passando de R$1,8 milhão para R$ 3,8 milhões. Destaque para a Localfrio S/A, que saltou de R$ 123,1 mil para R$ 526,2 mil.
Para o diretor de Desenvolvimento Logístico e Portuário da Prefeitura de Guarujá, Jairo de Almeida Lima Neto, os terminais retroportuários obtiveram esse resultado surpreendente graças a uma série de fatores que têm contribuído para o desenvolvimento do setor na Cidade.
Isso reflete diretamente no crescimento da movimentação de contêineres, por exemplo. Segundo Jairo, o terminal Santos Brasil é um desses casos, que refletiu diretamente no incremento da arrecadação do ISS em Guarujá.
“É um resultado expressivo, sem dúvida. Na medida em que a economia nacional vai reagindo, a tendência é que resultados semelhantes se multipliquem na Cidade, até atraindo novos investidores”, analisa o diretor.

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

No Ideb, entre as 100 melhores escolas públicas do Brasil, 50 são Etecs

Média obtida pelas Etecs foi 6, superior à das escolas de Ensino Médio do Brasil e acima dos resultados de todas as regiões do país As Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) mostraram novamente a qualidade do ensino que oferecem à população de São Paulo. Nesta terça-feira (15), o Ministério da Educação (MEC) anunciou o Índice de Leia mais

Empreender em tempos de crise é possível

Da Reportagem Os efeitos da pandemia pelo novo coronavírus na economia do Brasil já podem ser medidos. Recentemente, o IBGE divulgou os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), onde destaca que segundo trimestre de 2020 encerrou com taxa de desemprego de 13,3%, quantidade recorde de desalentados e o menor número Leia mais

Caixa paga hoje auxílio emergencial para nascidos em março

A Caixa Econômica Federal segue com o Ciclo 2 de pagamentos das parcelas do auxílio emergencial. Hoje (4) é a vez de 4,1 milhões de beneficiários, nascidos em março, receberem o crédito na poupança social. Os créditos começaram no dia 28 de agosto pelos beneficiários nascidos em janeiro. Depois, no dia 2 deste mês, o Leia mais

Leilão arrecada R$ 505 milhões com concessões no Porto de Santos

De Agência Brasil – São Paulo Foram leiloadas hoje (28) por R$ 505 milhões duas áreas no Porto de Santos (SP) para movimentação de celulose. As vencedoras foram a Eldorado Celulose e a Bracell Celulose. As concessões têm validade de 25 anos. O certame foi promovido pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). O leilão Leia mais