Coluna Só para Pensar: Vida

 

Embora existam verbetes em dicionários que definem “vida”, não dá realmente para definirmos o que venha ser a vida.

Todos sabemos o que ela é, porque a entendemos pela experiência pessoal de estarmos vivos, pela experiência de como conseguimos vivenciá-la. E como existe uma infinidade de espécies neste mundo de Deus, qual é a possibilidade de se entender o que realmente seja a vida para cada uma destas milhares de espécies vivas?

Dicionários trazem nos verbetes que vida é “modo de viver; conjunto de hábitos, propriedade que caracteriza os organismos cuja existência evolui do nascimento até a morte.” Não sei se estas afirmações definem alguma coisa que serve a todas as vidas viventes na Terra.

E já que a definição acima fala em morte, aos que nunca pensaram no assunto, tudo tem o seu oposto, então me diga, qual é o oposto de viver. Se você acha que é morrer, enganou-se. O oposto de morrer é nascer, porque ninguém morre, já que o ser humano prossegue vivo espiritualmente após a morte.

Seja qual for a denominação em cada uma das religiões existentes no mundo, o espírito, ou alma, ou atman, ou sopro divino, ou essência, etc., segue sua jornada, dentro das muitas moradas da casa do Pai, enquanto a matéria volta ao pó.

Não somos um corpo que tem de brinde uma alma, somos, isto sim, uma alma que possui um corpo carnal – e durante um certo tempo apenas. O que nos determina, portanto, não é a matéria, mas a espiritualidade que possuímos. Por esta razão, ao morrer fisicamente, continuamos vivos. Em outras palavras, não morremos porque o espírito é imortal, e como somos mais que matéria, nós somos imortais, portanto.

O bem semeia a vida, o mal semeia a morte. O primeiro é o movimento evolutivo na escala da ascensão para a Divindade. O segundo é estagnação” – Emmanuel

Mas, cuidado, não podemos nos considerar eternos. Este é outro equívoco que caminha de boca em boca por aí. A eternidade é medida partindo do ponto em que estamos para a frente, e do ponto em que estamos para trás.

Você, como alma, foi criado um dia, isto quer dizer que, da data de sua criação para frente, você passou a existir e jamais morrerá. Mas, antes da sua criação, o tempo já existia e você não. Quer dizer, depois de você ser criado, tudo o que havia antes de você já fazia parte da existência das coisas e você não estava presente.

Por esta razão, somente Deus é eterno, porque esteve no antes, está no agora e estará no futuro. Assim, talvez você possa até dizer que é eterno em relação ao futuro, ser eterno não é atributo seu, pois viver no princípio, no agora e até o final dos tempos, é somente um atributo divino e de ninguém mais. Desta forma, como o espírito não morre, a vida não tem oposto, nem definição. Ela é uma bênção de Deus.

E agora, chegamos ao ponto que justifica todas estas palavras. É uma pergunta: o que você tem feito com sua vida?

Emmanuel sentencia que “O bem semeia a vida, o mal semeia a morte. O primeiro é o movimento evolutivo na escala da ascensão para a Divindade. O segundo é estagnação.

Vamos lá: sua vida está em evolução ou estagnada? A vida tem sentido quando vivida para a família, para a comunidade e para você mesmo. Se você é imortal, o que você levará com você por toda a eternidade futura? Que sementes espirituais você carregará consigo para plantar lá no tempo imortal?

Ah, tá duro” você pode pensar, e usar isso como desculpa. Mas ainda Emmanuel, “Nosso pensamento cria a vida que procuramos, através do reflexo de nós mesmos”. Se sua vida está difícil, é porque você reflete esta dificuldade. Assim, você projeta no seu futuro aquilo que está sendo hoje; em outras palavras, você constrói a sua vida no agora, depende de você e ninguém mais.

Olhe ao seu lado, veja sua família, há tanto a fazer por ela. Nossa família é nosso porto seguro, nossa realização, nosso carinho, nosso afeto. Vá mais longe, olhe sua comunidade. Em que organizações você participa? Em que associação de pessoas que buscam fazer campanhas aos que mais necessitam você atua, principalmente neste momento desalentador da pandemia. Sua fé, onde ela se expressa, qual é a sua família espiritual, ou você é daqueles que pensa em encarar o mundo seguindo a máxima do “eu sozinho por mim e nada a ninguém”.

E por fim seu maior desafio. Encarar você mesmo com o sujeito histórico, fruto do meio e dependente dele. Que pessoa é você é nesta vida?

Pense nestas coisas. A vida é preciosa demais para passar em branco, e o mais triste é que, os que optam por isso, são aqueles que fazem do seu amanhã algo igual ao ontem, isto é, passam o hoje sem fazer nada, sem realizar nada por ninguém.

Chico Xavier tem um pensamento maravilhoso que deve ser um guia a todo e qualquer ser humano, independente da religião que pratica, tamanha a verdade e humildade que possui quando se pensa na própria vida. Guarde com você:

“Sei o que devo ser e ainda não sou, mas rendo graças a Deus por estar trabalhando, embora lentamente, por dentro de mim próprio, para chegar, um dia, a ser o que devo ser”.

Sérgio Motti Trombelli é Professor Universitário,
Pós-Graduado em Comunicação e Palestrante

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Coluna Só Para Pensar

A FUNÇÃO SOCIAL DE CADA UM Ruas, casas, edifícios, praças, fábricas, escritórios, lojas, supermercados, se somarmos todos estes elementos, além de outros não citados, não temos dúvidas de que estamos falando de uma cidade. Contudo, cidade é muito mais do que isso. Aristóteles, há mais de dois mil anos sentencia que “o todo é mais Leia mais

Coluna Só Para Pensar – De Ponta Cabeça

Sérgio Motti Trombelli O site Orla Notícias nos dá conta de que cada deputado federal brasileiro custa mensalmente ao nosso país cerca de R$ 182 mil reais. Isto se ele não viajar em “missão parlamentar”, porque aí terá direito às passagens, estada em hotel, etc. e uma diária em torno de mais ou menos $600 Leia mais

Coluna Só Para Pensar: “É preciso ser 100%?”

Você se lembra da passagem bíblica do jovem rico? Vamos relembrá-la. Matheus nos conta que o moço rico chegou a Jesus e disse: “O que devo fazer para alcançar a vida eterna?” Ao que Jesus respondeu: “Segue os mandamentos”. O jovem argumentou: “Faço isso desde a minha mocidade, o que me falta?”. Jesus, então, respondeu: Leia mais

Guarujá volta a implantar barreiras para controlar os acessos à Cidade

Bloqueios funcionarão 24 horas e estão montadas em seis pontos, tanto nas entradas do Município quanto nas travessias de balsas de Santos e de Bertioga A Prefeitura de Guarujá volta a implantar, nesta quarta-feira (24), barreiras para controlar os acessos à Cidade. A medida está prevista no decreto municipal 14.214, publicado no Diário Oficial do Leia mais