Docente de Guarujá integra evento do Ministério da Saúde

Da Redação

O curso de Medicina da Unoeste Guarujá esteve representado no evento do Ministério da Saúde “Previne Brasil” através do professor Everton Lopes Rodrigues. Realizado na segunda (10) e terça-feira (11) no Hotel Nacional SHS, em Brasília (DF), a oficina tem como objetivo discutir o apoio à implantação do novo financiamento federal da atenção primária à saúde.

Everton Lopes Rodrigues está em Brasília (DF) para participar de discussão sobre a implantação do novo financiamento federal da atenção primária à saúde

De acordo com o professor, o convite para participar do evento aconteceu a alguns profissionais do país para discutir este processo da implantação do novo financiamento federal. Como ele integra o Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems) e o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), houve a possibilidade de participar das atividades.
“Para estimular a ampliação de cobertura, o novo modelo base para a distribuição de recursos será baseado em número de cadastros. Temos que refletir esse ponto com a capacidade de gestão e as características de cada local. Atualmente, o modelo de distribuição é determinado pelo número de pessoas residentes. Dessa forma, recebe mais recurso o município que possui maior cobertura, estimulando o engajamento de gestores na ampliação de equipes de saúde da família e maior eficiência das equipes já existentes”, explica.
Everton salienta ainda que outro avanço discutido no evento é a questão do cadastro compulsório dos cidadãos nos sistemas de atenção básica do Sistema Único de Saúde (SUS). “Todos os munícipes deverão ser mapeados pelo gestor municipal de saúde, o que exigirá o cruzamento de dados com outros bancos, como da assistência social, por exemplo, e também o da Vigilância Sanitária. Apesar de todos os problemas, temos a conquista do Sistema Único de Saúde, uma tradição a ser defendida, aperfeiçoada e desenvolvida, daí a importância desse encontro onde podemos debater estratégias para esse novo financiamento”, diz.
O professor, que coordena o Programa de Aproximação Progressiva à Prática (Papp), que acontece na atenção primária de Guarujá, e ministra a disciplina de Saúde Coletiva no curso de Medicina, revela que os acadêmicos terão acesso direto ao conteúdo discutido no Previne Brasil.
“Nossos estudantes futuramente vão prestar provas de residência onde o SUS faz parte do conteúdo. Então, é importante que eles estejam atualizados com essa realidade. Essa relação é essencial, pois eles saem com as informações mais atuais para futuras provas e entender as mudanças na prática da atenção primária à saúde é um grande passo nesse sentido”, finaliza.

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Trio é preso em flagrante por matar homem à facadas em Praia Grande

Suspeitos confessaram o crime e foram indiciados por homicídio simples. A polícia investiga a motivação do homicídio. Um rapaz foi morto à facadas após uma briga com três homens, no bairro Cidade Ocian, em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na madrugada de segunda-feira (6). Segundo informações confirmadas pelo G1, o corpo só foi localizado Leia mais

Detento relata luta por sobrevivência no CPP de Mongaguá

Desde alimentação e água racionadas até falta de itens de higiene básica, detento relata que ele e companheiros estão ‘apenas sobrevivendo’. Centro de Detenção Provisória foi cenário da fuga de mais de 500 detentos em março. Uma reportagem do site G1 deste sábado destaca uma carta de um detento à família relatando a luta por Leia mais

Fiscais vistoriam marinas e condomínios de luxo no Rabo do Dragão

Documentações, higienização e regras de não-aglomeração foram alguns dos itens observados De Guarujá No reforço do combate ao Covid-19, os fiscais da Prefeitura de Guarujá vistoriaram, na manhã da última quinta-feira (2), sete marinas e outros quatro condomínios de luxo, localizados na região do Rabo do Dragão, às margens do Canal de Bertioga. A missão Leia mais

Guarujá cria central de informações sobre saúde e a covid-19

De Guarujá Efetivo de 20 profissionais da área de enfermagem, entre técnicos e auxiliares, além de profissionais de psicologia, farão esse atendimento via telefone A partir desta sexta-feira (27), Guarujá contará com uma central de atendimento para tratar de questões de saúde relacionadas à epidemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19). A equipe contará com um Leia mais