Hospital de campanha de Guarujá estará à disposição a partir de hoje (4)

Equipamento, que é fruto de parceria entre Prefeitura e Estado Maior das Forças Armadas, é o único hospital civil montado dentro de uma Base Militar no Brasil

Da Redação

O hospital de campanha de Guarujá, montado no hangar da Base Aérea de Santos (Av. Presidente Castelo Branco, s/n° – Jardim Cunhambebe, em Vicente de Carvalho), estará à disposição a partir da tarde desta segunda-feira (4), quando ocorre a última visita técnica realizada com a presença do prefeito de Guarujá, Válter Suman, promotores públicos de Guarujá e veículos de comunicação.

O equipamento é fruto de parceria entre a Prefeitura e o Estado Maior das Forças Armadas e será o único hospital civil montado dentro de uma base militar no Brasil.

Todos os 70 leitos, sendo 50 clínicos e 20 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), já estão totalmente equipados. Os últimos 15 respiradores, equipamento fundamental para tratar vítimas graves do novo coronavírus, chegaram ao local na última quinta-feira (30). No momento, está sendo concluída a ligação das redes de gases medicinais e a implantação dos geradores de energia elétrica.

Tanto na ala clínica quanto de terapia intensiva a estrutura dos leitos é individualizada, medindo 7,5 metros cada, o que garante espaço confortável e distanciamento necessário entre pacientes.

Além deles, o local, totalmente climatizado, também conta com duas farmácias, salas de descontaminação para funcionários, tornando o processo de desparamentação mais seguro para os profissionais, que muitas vezes acabam infectados pelo vírus na hora em que retiram seu equipamento de proteção individual, após encerrarem o expediente; também já estão prontos vestiários, refeitório, cozinha e área de descanso para os trabalhadores.

Viabilização

O hospital de campanha de Guarujá foi viabilizado com a autorização do Estado Maior das Forças Armadas, em articulação iniciada pelo prefeito da Cidade, Válter Suman.

A gestão do espaço será de responsabilidade da Organização Social Associação das Crianças Excepcionais de Nova Iguaçu (Aceni). O planejamento prevê três meses de funcionamento, totalizando R$ 14,9 milhões de investimento neste período. Para tanto, estão sendo aplicados R$ 3,2 milhões do tesouro municipal, mais R$ 3,2 milhões enviados pelo Governo do Estado.

A maior parte, R$ 8,5 milhões, veio de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre a Prefeitura de Guarujá e o Ministério Público (MP) de São Paulo, que permitiu, com a devida autorização do Conselho Municipal do Meio Ambiente (Comdema), a transferência de recursos do Fundo Municipal do Meio Ambiente para o Fundo Municipal de Saúde.

A transação permitiu transpor verba que seria implantada em projetos ambientais na Cidade para o hospital de campanha. A transferência tem a concordância do Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente (Gaema), órgão do MP.

A Aceni foi a responsável pela montagem da estrutura, compra de equipamentos, insumos e, ainda, o pagamento dos salários de mais de quase 300 profissionais da Saúde, incluindo médicos, enfermeiros, técnicos, pessoal administrativo, entre outros. Todo o maquinário que for adquirido para uso nesses três meses será posteriormente incorporado ao patrimônio municipal.

Texto e foto: PMG

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Guarujá registra queda de quase 30% dos casos de dengue

De janeiro a abril de 2019, a Cidade registrou 139 casos; já no mesmo período deste ano, são 100 casos confirmados De Guarujá Conforme dados da Vigilância Epidemiológica de Guarujá, a Cidade demonstrou queda nos casos de dengue em munícipes. A comparação foi realizada entre os períodos que correspondem de janeiro a abril de 2019 Leia mais

São Paulo registra 198 mortes por coronavírus nas últimas 24 horas

Número total de casos no estado chega a 26.158 Nas últimas 24 horas, o estado de São Paulo registrou 198 mortes por coronavírus, somando agora 2.247 mortes desde o início da pandemia no estado. O total de casos confirmados, por sua vez, chegou a 26.158 pessoas, sendo 9.520 delas residentes fora da capital. O coronavírus Leia mais

SP tem quase 8 mil pessoas internadas por suspeita de coronavírus

Nas últimas 24 horas, foi registrado aumento de 500 internações Cerca de 8 mil pessoas estão internadas em todo o estado de São Paulo por suspeita ou confirmação de covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Desse total, 3.106 são pacientes de unidades de terapia intensiva (UTI) e 4.810 são de enfermaria. Nas últimas 24 horas, Leia mais