Obras finalizadas no acesso à travessia de balsas, em Santos

As obras de remodelação no acesso à travessia de balsas entre Santos e Guarujá, não devem trazer maiores transtornos a turistas e moradores da Baixada Santista que utilizarem a travessia entre Santos e Guarujá durante as festas de fim de ano.
Sob a responsabilidade de execução do Grupo Mendes, as intervenções na região da Ponta da Praia, em Santos, a parte viária e paisagística, será concluída até esta sexta-feira, dia 20 de dezembro. As demais (Deck do Pescador, Mercado de Peixe e Centro de Convenções) possuem previsão de entrega até junho de 2020.
As obras incluem, além da parte viária, ampliação de trechos do calçadão da orla, troca da iluminação pública, plantio de árvores, nova ciclovia, novos espaços de convivência com bancos iluminados com vista para o mar, bicicletários, obstáculos para prática de skate e parkur e novas rampas de acesso ao mar, propiciando maior segurança à prática de esportes náuticos como a canoagem.

Acesso à travessia
A mudança mais significativa está na área de embarque e desembarque das balsas, onde foi criado um novo bolsão ao final da Avenida Saldanha da Gama. Este bolsão será destinado aos veículos com prioridade ou hora marcada, como as ambulâncias. No sentido Ferry Boat, existem agora três faixas de rolamento para automóveis. Duas serão reservadas aos motoristas que se dirigem à balsa e uma, à esquerda, exclusiva para retorno. O bolsão tem agora, capacidade de acomodar 110 veículos, contra 60 anteriormente.
A Praça Almirante Gago Coutinho também foi ampliada e a fila de veículos reorganizada. Para quem desembarca em Santos, existe agora a opção de saída pela Avenida Saldanha da Gama, para quem seguirá pela orla. Outra alternativa é o contorno da nova Praça Gago Coutinho, com opções sentido Porto e sentido Avenida Rei Alberto I.

Nova legislação
As obras que estão sendo realizadas na Ponta da Praia e a construção de uma escola municipal no bairro Jardim Jabaquara (entregue em 23 de novembro) fazem parte dos investimentos que atenderão à população em contrapartida à permissão proposta pelo Município e aprovada pela Câmara Municipal de Santos sobre a possibilidade de receber investimentos e obras em troca da autorização para alteração do uso de terrenos em áreas com restrições de atividades, como em dois terrenos de propriedade da empresa.


Região deve receber entre 330 mil e 515 mil veículos

As rodovias paulistas sob concessão devem ter tráfego mais intenso a partir do meio-dia desta sexta-feira (20), devido ao feriado de Natal. A estimativa é de que mais de 2,5 milhões de veículos deixem a Grande São Paulo com destino ao Interior e Litoral Paulista. O maior movimento na saída para o feriado deve ocorrer na sexta-feira das 12h até as 21h e no sábado das 6h às 18h.
A Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), prevê que entre 330 mil e 515 mil veículos utilizem as rodovias que dão acesso ao Litoral Sul entre os dias 20 e 26 de dezembro. O movimento mais intenso na saída da Grande São Paulo deve ser verificado entre 8h e 12h de sábado (21), quando está programada a implantação da Operação Descida (7×3). Nessa configuração, o motorista poderá descer a Serra pelas pistas sul e norte da Anchieta (SP-150) e pista sul da Imigrantes (SP-160). A subida será apenas pela pista norte da Imigrantes. No domingo (22) está prevista a montagem da Operação Subida (2X8) entre 19h e 22h – os veículos sobem a serra pelas duas pistas da Imigrantes e pela pista norte da Anchieta, enquanto a descida é feita somente pela pista sul da Anchieta. E, para atender o volume de usuários que viajará para o Litoral Sul após o Natal, está prevista a implantação da Operação Descida (7×3) ao longo de toda a quinta-feira (26). A subida será pela pista norte da Imigrantes.
Também nessa sexta-feira tem início nas principais rodovias paulistas Operação Verão + Seguro 2019/2020 para minimizar os impactos do intenso fluxo de veículos que ocorre nessa época do ano até fevereiro, quando a operação será encerrada.
Nas rodovias estaduais concedidas que saem da Região Metropolitana de São Paulo com destino ao Litoral e Interior, o fluxo deve variar entre 2,5 milhões e 3 milhões de veículos nos períodos de pico – viagens de Natal e Ano Novo.
A ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) irá monitorar toda a operação nos 8,4 mil quilômetros de malha concedida a partir do Centro de Controle de Informações (CCI), onde é possível verificar o funcionamento de câmeras, painéis de mensagens das rodovias, call box (telefones de emergência), sistemas de wi-fi dedicado, volume de tráfego, atendimentos aos usuários, entre outros equipamentos e instalações das rodovias concedidas.


Réveillon em Bertioga tem show e trio elétrico

Pode vir 2020, porque o Réveillon promete ser inesquecível para moradores e quem escolher Bertioga como destino na virada. A expectativa é que mais de 400 mil pessoas curtam o Ano Novo na Cidade, que terá muita música e animação.
A festa começa às 22 horas, com trio elétrico, na Praia da Enseada, próximo à Tenda de Eventos. A Banda Lança Perfume agita a multidão, a partir das 23 horas, com os maiores sucessos de todas as épocas e estilos musicais.
Para comemorar a chegada do novo ano, a tradicional queima de fogos sem estampido terá duração de cerca de quinze minutos, enchendo de luz e cor o céu da Praia da Enseada, ao lado do Forte São João.


Anvisa decide banir a gordura trans até 2023

A nova norma será dividida em 3 etapas. A primeira será a limitação da gordura na produção industrial de óleos refinados. O índice de gordura trans nessa categoria de produtos será de, no máximo, 2%. Essa etapa tem um prazo de 18 meses de adaptação, e deverá ser totalmente aplicada até 1º de julho de 2021.
A data também marca o início da segunda etapa, mais rigorosa, que limita a 2% a presença de gorduras trans em todos os gêneros alimentícios. A restrição da segunda fase será aplicada até 1º de janeiro de 2023 – período que marca o início da terceira fase e o banimento total do ingrediente para fins de consumo. A gordura trans ainda poderá ser usada para fins industriais, mas não como ingrediente final em receitas para o consumidor.
Presente principalmente em produtos industrializados, a gordura trans – ou ácido graxo trans, na nomenclatura técnica – é usada para eliminar odores desagradáveis e indesejáveis nos produtos finais. A gordura trans está associada ao aumento do colesterol ruim (LDL) e degradação do colesterol bom (HDL).

Perigo à mesa
Segundo informa a Anvisa, há provas concretas de que o consumo de gordura trans acima de 1% do valor energético total dos alimentos aumenta o risco de doenças cardiovasculares. A agência informou ainda que, em 2010, a média de consumo de gorduras trans pelos brasileiros em alimentos industrializados girava em torno de 1,8% – valor considerado perigoso. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a gordura trans foi responsável por 11,5% das mortes por doenças coronárias no Brasil naquele ano, o equivalente a 18.576 óbitos em decorrência do consumo excessivo do óleo. (Editado com informações da Agência Brasil)


Impostômetro

Os brasileiros estão pagando mais impostos em 2019, em comparação ao ano passado. Os dados são do Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), que nesta quarta (18), alcançou o valor total de R$ 2, 4 trilhões. Em 2018, o valor pago pelos brasileiros em tributos somou R$ 2, 3 trilhões, nível recorde para uma economia com baixo crescimento e cenários incertos.


 

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

SP registra 17,1 mil óbitos e 349,7 mil casos de coronavírus

Estado de São Paulo também atingiu a marca de mais de 200 mil pacientes recuperados da doença COVID-19 Nesta quinta-feira (9), o Estado de São Paulo registra 17.118 óbitos e 349.715 casos confirmados do novo coronavírus. Dos 645 municípios, houve pelo menos uma pessoa infectada em 630 cidades, sendo 401 com um ou mais óbitos. Leia mais

Surfe e outros esportes são liberados, mas com restrições

A prática de esportes individuais na orla das praias de Guarujá estará liberada a partir da próxima segunda-feira (15). É o que consta no decreto municipal nº. 13.712, publicado no Diário Oficial do Município desta quinta-feira (11). Ele faz parte da série de providências que a Cidade toma após a entrada da Baixada Santista na Leia mais

Covid-19: nas últimas 24h, Brasil registra mais de 30 mil novos casos

O país registrou mais 1.005 mortes por covid-19 O balanço divulgado nesta sexta-feira (5) pelo Ministério da Saúde mostra que nas últimas 24 horas foram registrados mais 1.005 óbitos por covid-19 no Brasil. Nesse período, foram confirmados mais 30.830 casos da doença e 11.977 recuperados. Até ontem (4), o total de casos confirmados de covid-19 Leia mais