Pelotão de Bombeiros de Guarujá ganhará nova sede

O prefeito de Guarujá, Válter Suman, assinou na sexta-feira (29), o termo de permissão de uso de área, conforme Decreto nº 13.344, para a construção da nova sede do Pelotão de Bombeiros de Guarujá. A iniciativa surgiu do esforço conjunto entre Corpo de Bombeiros, Ministério Público e Prefeitura do Município na busca para melhor atender a população.
A área tem aproximadamente 2.100 metros quadrados e está localizada na Avenida Helena Maria, 111 – Jardim Helena Maria. O terreno abrigará uma estrutura construída de 600 metros quadrados. A previsão de início da obra é para março de 2020, com prazo aproximado de execução de um ano.
Com essa nova sede, o Município garante um atendimento com tempo de resposta menor para regiões adensadas da Cidade, como os bairros Enseada, Perequê, Pernambuco, entre outros da região Leste, além de atender com maior rapidez a zona da orla, o que é importante na temporada de verão. É o que destacou o prefeito Válter Suman. “Mais um projeto que se torna realidade, graças ao diálogo e ao trabalho de equipe. É uma área estratégica da Cidade, disse.
O Posto de Bombeiros de Guarujá está localizado, atualmente, na Rua Capitão Alberto Mendes Júnior, 225, no Jardim Boa Esperança. Além de atuar no atendimento de emergências de incêndio, socorro e salvamentos, promove campanhas, palestras educativas e simulados em parceria com as empresas da região. O efetivo atual é de 30 homens, distribuídos em três turnos de serviço de 24 horas.


Metade dos ambulantes já se adequou às normas de padronização

A padronização do comércio ambulante de Guarujá, prevista no decreto nº 13.352/2019, estendeu o prazo para adequação às novas regras para março do ano que vem. Apesar disso, cerca de 50% dos comerciantes ambulantes já estão adequados de acordo com as novas regras.
A estimativa é do presidente da Associação dos Carrinhos de Ambulantes das Praias de Guarujá, Carlos Alberto dos Santos, que ressalta que todas as especificações do decreto estão sendo cumpridas. Ele destaca a aquisição de equipamento novo pelos ambulantes, como as cadeiras de praia, e considera positiva a adesão antecipada ao decreto que deve auxiliar na organização do segmento.
Regras – Além da padronização de guarda-sóis, cadeiras de praia e uniformes, também são exigidas uma série de normas técnicas. Carrinhos de lanches e bebidas devem ser fixados a uma distância de até 10 metros do muro do calçadão, e os comerciantes de coco, milho e sorvetes devem permanecer sem se locomover, por exemplo.
Os donos de carrinhos de praia também estarão limitados a fornecer 30 guarda-sóis, com 4 cadeiras de alumínio dobrável e uma banqueta. Os uniformes deverão ter cores claras, e os toldos e guarda-sóis deverão ser na cor Azul Royal, podendo conter o nome do estabelecimento, porém sem logotipo ou publicidade.
O meio ambiente é uma das principais preocupações a ser levada em consideração pelo decreto. Portanto, todos os estabelecimentos deverão possuir lixeiras em área visível, e a deposição de gordura ou lixo na areia da praia fica sujeita a multa.
Segundo o Secretário Interino de Turismo de Guarujá, Marcelo Nicolau, a padronização do comércio ambulante beneficia tanto o consumidor quanto o comerciante. “Por um lado, as novas especificações permitirão que tanto os turistas quanto os cidadãos de Guarujá sejam melhor atendidos em seu lazer, por outro, a padronização cria um ambiente mais saudável para os comerciantes realizarem o seu trabalho, além de trazer benefícios ao Município, no sentido de garantir sustentabilidade ambiental”.
O decreto foi prorrogado para que houvesse tempo para todos os comerciantes se adaptarem às novas exigências. Para aqueles que ainda não conhecem as regras, basta acessar o link https://bit.ly/2PbbOiw


Município aplica 25.597 doses contra o sarampo

A Secretaria de Saúde de Guarujá aplicou o total de 25.597 vacinas contra o sarampo em 2019, incluindo campanha, varredura, bloqueios e serviço de rotina. Destas, 3.066 doses foram na campanha nacional contra o sarampo. A iniciativa aconteceu em duas etapas, envolvendo 21 postos da Cidade – entre Unidades Básicas (UBS) e de Saúde da Família. A ação se encerrou no Dia D do último sábado (30).
A primeira etapa ocorreu de 7 a 25 de outubro e teve foco em crianças de 6 meses a menores de 5 anos. Na oportunidade, 2.156 vacinas foram aplicadas. A outra fase ocorreu entre os dias 18 e 30 de novembro, quando 910 adultos de 20 a 29 anos receberam a imunização.
A vacina contra o sarampo continua disponível em todas as UBS’s e Usafas da Cidade, que funcionam das 9 às 15 horas. A vacina é indicada apenas para quem não possui comprovação das duas doses obrigatórias.
A enfermeira da Vigilância em Saúde da Prefeitura, Ana Terezinha Lopes Plaça, ressalta que é preciso apenas se dirigir a uma unidade para receber a vacina. “Basta comparecer com a carteira de vacina. O munícipe também pode apresentar o documento de identidade (RG) se não tiver a carteira. Neste caso, nós aplicamos a vacina e fornecemos a carteira”, ressaltou.


Travessia Bertioga-Guarujá

Bertioga recebe desafio de criar projeto de ponte

Durante abertura da 72ª Reunião do Fórum Paulista de Secretários e Dirigentes Públicos de Mobilidade Urbana, realizada na última semana (28/11), a Prefeitura de Bertioga recebeu o desafio de elaborar um projeto de ponte que ligue o Município a Guarujá. Durante o encontro também foram discutidos outros projetos, legislação, políticas públicas e programas de redução de acidentes de trânsito.
O desafio de construir uma ponte no Canal de Bertioga foi proposto pelo Governador do Estado, João Dória, e anunciado no Fórum pelo Secretário Estadual de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto.
“A equipe da DERSA (Desenvolvimento Rodoviário S/A) junto com os engenheiros da Prefeitura de Bertioga devem elaborar o projeto de uma ponte parcialmente elevada, modelo que já existe em todo mundo. O plano deve ser encaminhado ao Governo do Estado para ser licitado”, explica.
O Prefeito Caio Matheus aceitou o desafio e declarou que a ponte trará ainda mais progresso à Bertioga. “Haverá mais desenvolvimento social, urbano e econômico para a Cidade. Vamos pesquisar e nos aprofundar no assunto para preparar o projeto e encaminhar ao Governo Estadual”, afirma.

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Guarujá conquista R$ 1,5 milhão para obras de saneamento básico

De Guarujá A liberação de R$ 1,580 milhão do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (FEHIDRO), para serviços de saneamento básico em Guarujá está garantida com a assinatura de três convênios com o Governo do Estado. Os recursos vão equacionar antigos problemas da Cidade relacionados ao saneamento básico, como as enchentes e a poluição difusa, assegura Leia mais

Cientista norte-americano reforça projeto do Atlas Ambiental da cidade

De Guarujá O projeto Atlas da Poluição, desenvolvido pela Secretaria de Meio Ambiente (Semam) de Guarujá, a partir de um termo de cooperação firmado com a Universidade Nove de Julho (Uninove) e a Universidade de São Paulo (USP), em 2018, contará com o reforço do pesquisador David Nowak, cientista do Serviço Florestal Americano. Pioneiro na Leia mais

Cursos de extensão são oferecidos na Unaerp Guarujá

A Unaerp está com inscrições abertas para cursos de extensão, com início em março. Investir em cursos de extensão pode ser uma excelente oportunidade para ampliar saberes e incrementar o currículo. São quatro opções de cursos com inscrições abertas: A Arte e Técnica de Falar em Público; Literatura Infantil, Mediação de Leitura e Contação de Leia mais

Docente de Guarujá integra evento do Ministério da Saúde

Da Redação O curso de Medicina da Unoeste Guarujá esteve representado no evento do Ministério da Saúde “Previne Brasil” através do professor Everton Lopes Rodrigues. Realizado na segunda (10) e terça-feira (11) no Hotel Nacional SHS, em Brasília (DF), a oficina tem como objetivo discutir o apoio à implantação do novo financiamento federal da atenção Leia mais