Home Office: saiba como se organizar

Professora da Unaerp Guarujá orienta sobre como se organizar para atividades em home office

Com a pandemia da Covid-19, as rotinas diárias precisaram se adequar à quarentena, como medida de prevenção da doença, e o mesmo aconteceu com as atividades de trabalho. Algumas dicas de gestão e planejamento são bastante úteis para quem está trabalhando em home office, como explica a consultora organizacional, mestre e especialista em Administração e coordenadora do curso de Administração da Unaerp Guarujá, Marcia Galinski.

Saber gerir o tempo, segundo Galinski, é “administrar as atividades que contribuam para os resultados de sua equipe e que tenham aderência aos objetivos da organização”. E as habilidades de disciplina e organização são ainda mais necessárias quando se trabalha em casa, seja em home office ou como empreendedor de um pequeno negócio.

A docente enfatiza a necessidade de se organizar e planejar as tarefas para melhor otimizar o tempo. “O planejamento das atividades é fundamental para a eficiência, seja no trabalho ou nos estudos. Definir prioridades, estabelecer cronogramas do que precisa ser feito e montar uma agenda, seja escrita ou digital, ajuda a mapear quais atividades serão desenvolvidas e evitar que algo seja esquecido.”

“Crie uma rotina de horário de atividades, alinhe com os horários de trabalho e exigências da função, cuide dos horários de paradas e refeições, e estabeleça combinados com a família para evitar distrações e interferências a todo momento.” O ambiente também pode favorecer à concentração, explica Galinski. “Escolha um ambiente adequado, com uma mesa e cadeira confortáveis, com boa iluminação e ventilação, e tenha à mão os recursos necessários para desempenhar sua atividade.”

A prática do trabalho remoto já vinha sendo adotada por algumas empresas em todo o mundo, e se intensificou com a pandemia do novo coronavírus. Segundo a professora, 35% das empresas em todo o mundo já utilizavam alguma prática de trabalho remoto em 2019.

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Senai terá que pagar R$ 26,5 milhões por desmatamento em Bertioga

Da Redação A pedido do Ministério Público Federal (MPF), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) foi condenado ao pagamento de R$ 26,5 milhões pela degradação de uma área de preservação permanente na praia de Guaratuba, em Bertioga (SP). O local foi completamente desmatado nos anos 1990 para a construção de uma colônia de férias. Leia mais

SP registra 7.393 novos casos de covid-19 em 24 horas

Número de mortes chegou a 219 entre quarta e quinta-feira O estado de São Paulo registrou, nas últimas 24 horas, 219 mortes e 7.393 novos casos de covid-19. Com isso, desde o início da pandemia, o estado soma 33.472 óbitos e 916.821 casos da doença. Com os dados desta quinta-feira (17), o estado vem mantendo, Leia mais

INSS envia notificações a segurados pelo aplicativo, SMS e e-mail

Instituto diz que informes são enviados todos os dias a beneficiários De Agência Brasil – Brasília O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informou hoje (16) que tem enviado diversas notificações todos os dias para os segurados e beneficiários por meio do aplicativo Meu INSS, SMS e email. São informes sobre a reabertura gradual das Leia mais