OMS não espera vacinação ampla contra covid-19 antes de meados de 2021

A Organização Mundial de Saúde (OMS) não espera uma vacinação ampla contra a covid-19 até meados do ano que vem, disse uma porta-voz da entidade, Margaret Harris, nesta sexta-feira (4), enfatizando a importância de checagens rigorosas sobre a eficácia e a segurança das vacinas.

Nenhuma das candidatas a vacina que estão em testes clínicos avançados demonstrou, até agora, sinal claro de eficácia em um nível mínimo de 50% buscado pela OMS, disse a porta-voz Margaret Harris.

A Rússia deu aprovação regulatória para uma vacina contra a covid-19 em agosto após menos de dois meses de testes em humanos, levando alguns especialistas ocidentais a questionaram a eficácia e a segurança do imunizante.

Autoridades de saúde pública dos Estados Unidos (EUA) e a Pfizer disseram na quinta-feira (3) que a vacina pode estar pronta para distribuição até o final de outubro. Este prazo é um pouco antes da eleição presidencial norte-americana de 3 de novembro, na qual a pandemia do novo coronavírus deve ser um fator importante entre os eleitores que decidirão se o presidente dos EUA, Donald Trump, terá um segundo mandato.

“Realmente não estamos esperando ver uma vacinação ampla até meados do ano que vem”, disse Harris durante um briefing da Organização das Nações Unidas em Genebra.

“Esta Fase 3 (de testes clínicos) tem que ser mais longa, porque precisamos ver quão realmente protetora a vacina é e também precisamos ver quão segura ela é”, disse ela. Harris não se referiu a qualquer vacina em potencial especificamente.

Todos os dados dos testes têm de ser compartilhados e comparados, disse ela. “Muitas pessoas foram vacinadas e o que não sabemos é se a vacina funciona neste momento não temos um sinal claro se tem ou não o nível se eficácia e segurança necessários.”
(Fonte: Agência Brasil)

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Senai terá que pagar R$ 26,5 milhões por desmatamento em Bertioga

Da Redação A pedido do Ministério Público Federal (MPF), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) foi condenado ao pagamento de R$ 26,5 milhões pela degradação de uma área de preservação permanente na praia de Guaratuba, em Bertioga (SP). O local foi completamente desmatado nos anos 1990 para a construção de uma colônia de férias. Leia mais

SP registra 7.393 novos casos de covid-19 em 24 horas

Número de mortes chegou a 219 entre quarta e quinta-feira O estado de São Paulo registrou, nas últimas 24 horas, 219 mortes e 7.393 novos casos de covid-19. Com isso, desde o início da pandemia, o estado soma 33.472 óbitos e 916.821 casos da doença. Com os dados desta quinta-feira (17), o estado vem mantendo, Leia mais

INSS envia notificações a segurados pelo aplicativo, SMS e e-mail

Instituto diz que informes são enviados todos os dias a beneficiários De Agência Brasil – Brasília O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informou hoje (16) que tem enviado diversas notificações todos os dias para os segurados e beneficiários por meio do aplicativo Meu INSS, SMS e email. São informes sobre a reabertura gradual das Leia mais