PM aposentado morre após ser baleado por assaltantes em Guarujá

Claudiomir José da Silva, policial militar aposentado de 56 anos, morreu após ser baleado por assaltantes em Guarujá. Ele estava em frente a um mercado no distrito de Vicente de Carvalho quando foi surpreendido por, pelo menos, dois criminosos. Ele é o terceiro PM morto em pouco mais de uma semana na Baixada Santista.

O caso aconteceu por volta das 18h20 de terça-feira (11), em um mercado localizado na Rua 1º de Junho, no bairro Pae Cará. As câmeras de monitoramento do mercado flagraram parte do crime. Segundo a PM, os criminosos agiram após tentar roubar a arma do policial aposentado.

As imagens mostram Claudiomir caindo no chão do mercado após ser baleado. Ele corre para dentro do comércio e é perseguido por um dos suspeitos. Ainda nas imagens é possível ver clientes correndo e se escondendo ao ouvirem o som dos disparos de arma de fogo.

O policial aposentado levou um tiro na região no peito. De acordo com a Polícia Militar, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) prestou os primeiros socorros a Claudiomir e ele foi encaminhado ao Pronto Socorro São João, em Guarujá. Apesar do atendimento, o aposentado não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.

Segundo a PM, equipes foram enviadas ao local após o crime e realizam buscas, no entanto, ninguém foi preso. O caso foi registrado na Delegacia Sede de Guarujá e será encaminhado para investigação na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Santos.

Terceiro caso
Claudiomir é o terceiro policial militar morto na Baixada Santista em pouco mais de uma semana. Além dele, dois PMs de folga foram baleados em Santos e em São Vicente desde o início do mês de fevereiro.

O cabo da PM Carlos Gonçalves, de 47 anos, foi baleado enquanto estava de folga em Santos. Carlos estava em um bar no Centro de Santos quando foi abordado por um suspeito. Armado, o criminoso disparou contra o rosto do PM, que não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada da última quarta-feira (5).

Já na tarde de sábado (8), o cabo Cláudio Gonçalves foi executado na porta da casa dos pais em São Vicente. Segundo a Polícia Militar, ele foi abordado por três criminosos que atiraram contra ele e roubaram sua arma.

Após atirarem contra o policial, os criminosos fugiram. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O policial trabalhava no batalhão de Mongaguá e assumiria o expediente na noite de sábado.

Ainda no sábado, um dos suspeitos de participar do crime foi detido em São Vicente, após uma operação realizada entre equipes da Força Tática de todos os Batalhões da PM da Baixada Santista, para localizar os criminosos envolvidos no homicídio. (Fonte: G1)


 

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Governo começa a pagar auxílio emergencial de R$ 600 na quinta-feira

De Agência Brasil – Brasília O governo começa a pagar na quinta-feira (9) a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 para pessoas inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) com conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa Econômica Federal. Para os clientes dos demais bancos, o pagamento será feito a partir do dia Leia mais

SP registra 275 mortes pelo novo coronavírus

A região da Grande São Paulo tem o maior número de mortes; em uma semana houve um crescimento de 180% De Guarujá O Estado de São Paulo registrou neste domingo (5) um total de 275 óbitos pelo novo coronavírus. Os números significam um aumento de 180% em comparação ao balanço do dia 29 de março, Leia mais

Governo de SP prorroga quarentena até 22 de abril

Medida pode evitar mais de 160 mil mortes; coronavírus chega a cem cidades e 400 hospitais paulistas, e total de óbitos cresce 180% em uma semana Da Redação O Governador João Doria decidiu prorrogar por mais 15 dias a quarentena em todos os 645 municípios de São Paulo, até o dia 22 de abril. A Leia mais

Santa Rosa e Vila Ligya recebem R$ 64 milhões em obras de infraestrutura viária

Convênio com a Caixa Econômica Federal garante investimentos em obras de drenagem e pavimentação de 46 ruas; Prefeitura está desenvolvendo material técnico para a execução da macrodrenagem da bacia do Rio do Meio De Guarujá A Prefeitura de Guarujá tem trabalhado para garantir que benfeitorias cheguem a todas as regiões do Município, levando qualidade de Leia mais