TSE: mil contas de aplicativos foram banidas por disparos em massa

Conduta é proibida no processo eleitoral

De Agência Brasil – Brasília

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou hoje (19) que mais de mil contas do aplicativo WhatsApp foram banidas por suspeitas de disparo em massa, conduta proibida no processo eleitoral. O banimento foi realizado após o tribunal receber denúncias de disseminação de conteúdos falsos durante o primeiro turno das eleições municipais.

Segundo o TSE, entre 27 de setembro e 15 de novembro, 4.630 denúncias foram encaminhas à plataforma para verificação de violação dos termos de serviço do aplicativo.

No início da campanha, o tribunal lançou uma plataforma de denúncias. Para informar sobre mensagens suspeitas, basta preencher um formulário, que está disponível no site do TSE.

O segundo turno das eleições será realizado no dia 29 de novembro. O pleito ocorrerá em 57 cidades espalhadas pelo país, das quais 18 são capitais.

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Câmara de Guarujá destina emendas impositivas no total de R$ 12,3 milhões

Legislativo guarujaense aprovou em segundo turno a proposta que dispõe sobre a peça orçamentária do ano que vem; previsão total é de R$ 1,9 bilhões O plenário da Câmara Municipal de Guarujá aprovou nesta semana (24/11), em segundo turno, o Projeto de Lei 127/2020, de autoria do Executivo, que dispõe sobre o Orçamento Municipal para Leia mais

Governo federal avalia novo projeto da ponte Santos-Guarujá

Secretaria de Logística e Transporte de São Paulo entregou para o Governo Federal, na última semana, o novo projeto da ligação seca entre as margens do Porto de Santos, executado pela Ecovias. Com a conclusão de mais essa etapa, a obra está pronta para ser iniciada, dependendo do aval do Ministério da Infraestrutura. Da Redação Leia mais

Fiscalização aperta o cerco contra vans e ônibus de turismo irregulares

A Prefeitura de Guarujá tem intensificado a fiscalização para coibir a entrada de vans e ônibus de turismo irregulares. Desde março, como medida de enfrentamento à Covid-19, estão suspensas as autorizações para o acesso à Cidade, exceto veículos que possuam voucher de hospedagem. A fiscalização é realizada diariamente pela Diretoria de Transporte Público (DTP). O Leia mais

Saiba onde reclamar sobre compras na “Black Friday”

É importante que, ao fazer denúncias e reclamações, o consumidor indique o endereço da loja e apresente os prints das telas demonstrando o que ocorreu de errado com a compra. O Procon-SP disponibiliza no seu site a partir de hoje (25/11) um espaço específico para quem tiver problemas durante a Black Friday, evento de descontos Leia mais