Vendedor é sequestrado enquanto assistia a futebol em Guarujá

Um morador de Guarujá foi sequestrado enquanto assistia a uma partida de futebol. Familiares do vendedor Cristian Domingos de Almeida, de 33 anos, explicam que ele foi levado por dois suspeitos armados em um carro e, desde então, não foi mais visto. O caso é investigado pela Polícia Civil do município.

O crime aconteceu na madrugada da última quinta-feira (23) na Rua Maria da Conceição das Neves, no bairro Morrinhos. Às autoridades, os familiares relataram que Cristian assistia a um jogo de futebol com amigos e o irmão em um bar próximo de casa, pouco antes de ser levado pelos criminosos.

O irmão da vítima, o operário David de Almeida Sant’Ana, afirma que Cristian tinha o hábito de frequentar o bar em dias de transmissão das partidas de futebol. “Ele não saía, ia de casa para o trabalho, exceto em dia de jogos”. Ele estava junto com o irmão na véspera do crime, na noite de quarta-feira (22), mas foi embora por volta das 23h.

De acordo com o boletim de ocorrência, Cristian ainda estava no bar com um amigo, identificado apenas como ‘Guga’, quando foi abordado por dois criminosos armados em um carro por volta da 1h de quinta-feira. “O carro manobrou e parou de frente para ele, com o farol alto para que o Cristian não pudesse ver quem é”, explicou David.

Suposto carro de sequestradores que levaram vendedor

Ainda segundo as autoridades, ‘Guga’ teria fugido ao notar a ação dos criminosos, deixando Cristian para trás. O vendedor então foi agredido por um dos suspeitos, que até o momento não foram identificados, e colocado no interior do veículo. O caso foi relatado à Polícia Civil durante a tarde de quinta-feira.

O irmão afirma, ainda, que a família procurou por Cristian em diversos lugares pela cidade, no entanto, não obtiveram informações sobre o paradeiro dele. “Estamos desesperados, procuramos em hospitais, pronto-socorros, até no Instituto Médico Legal (IML)”.

“O Cristian não tinha problema com ninguém, ele só ia de casa para o trabalho e vice-versa. Ele só ia para o bar quando tinha jogo, como foi o caso. Ele ainda me disse que estava feliz porque eu estava com ele. Só queremos uma informação sobre onde ele foi parar”, desabafa David.

O caso foi denunciado às autoridades na Delegacia de Polícia Sede de Guarujá, onde foi registrado como sequestro e será investigado. Até o momento, ninguém foi preso e o amigo de Cristian não foi localizado. (Fonte: G1)


 

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Praias de Guarujá receberão 120 bicicletários ao longo da orla

As praias de Guarujá receberão a instalação de 120 bicicletários. Com a adição, serão disponibilizadas 240 na orla do município. A implantação começou na praia de Pitangueiras, onde dois equipamentos já estão funcionando. De acordo com a prefeitura de Guarujá, as primeiras instalações aconteceram na última quarta-feira (19), e previsão é de que até o Leia mais

Em Guarujá, banhistas são arrastados pelo mar durante ressaca

A maré subiu e uma forte ressaca atingiu as praias do litoral de São Paulo na tarde de domingo (23). Imagens mostram o momento em que o mar em uma praia de Guarujá invade a faixa de areia e arrasta cadeiras, guarda-sóis e, até mesmo, alguns banhistas que aproveitavam o dia ensolarado. A previsão é Leia mais