Connect with us

Bastidores do Esporte – Nelsinho Filho

Por Onde Anda – Carlos ‘Antunes’ da Fonseca

Publicado

em

O homenageado da semana é um ex-pugilista renomado da Baixada Santista e do País

  • Nome – Carlos Antunes da Fonseca
  • Apelido – Antunes
  • Naturalidade – Olinda (PE)
  • Nascimento – 28/10/1955
  • Esporte – Boxe

 

O homenageado da semana é um ex-pugilista renomado da Baixada Santista e do País. Trata-se de Carlos Antunes, uma das maiores notoriedades do Boxe guarujaense e do Brasil nas décadas de 70 e 80.

Antunes é natural de Olinda, mas, veio para o Guarujá ainda pequeno. Desde cedo já mostrava sua paixão pelo ringue. Fã de Cassius Clay e Eder Jofre, tratou logo de procurar alguém para treiná-lo.

Foi quando apareceu o seo Mesquita, popularmente conhecido por “Índio da Armada”, o mais importante formador de pugilistas da Ilha de Santo Amaro.

Após o falecimento do seu técnico, Carlos Antunes passou a ser treinado por Aélio Mesquita, outro renomado pugilista e treinador, filho do Indio da Armada.

Evoluindo nos treinamentos e nas competições, nosso homenageado praticamente morava no Centro Esportivo Duque de Caxias, o Tejereba, local de treinamentos e de lutas da modalidade. Segundo ele, o Templo Sagrado do boxe.

Títulos

Em sua trajetória pugilística, amadora e profissional, Antunes, além de inúmeros títulos conquistados em campeonatos Paulista e Brasileiro, representou o Brasil na 8a edição dos Jogos Pan Americanos em San Juan, Porto Rico, em 1979, sagrando-se vice campeão da categoria peso médio (75kg) e conquistando a medalha de prata para o País.

E ainda, bicampeão Latino-americano nos anos de 70 e 80, títulos que lhe rendeu uma casa em Vicente de Carvalho, doada pelo então presidente da República, João Batista de Figueiredo.

Em 1980 ele foi convocado para disputar a Olimpíadas de Moscou. Mas, em função do pouco período de treinamento, não teve sucesso e perdeu a primeira luta.

Antunes em Moscou

Vale destacar que o nosso querido pugilista ainda participou de três eliminatórias para a disputa de títulos mundiais. Os três adversários dele, posteriormente sagraram-se campeões mundiais.

Carlos Antunes é casado, tem três filhos, quatro netos, dois bisnetos, trabalha na Estiva e ainda permanece com o imóvel que lhe fora doado no Conjunto Habitacional Santos Dumont (BNH), no bairro Monteiro da Cruz.