Em Guarujá, banhistas são arrastados pelo mar durante ressaca

A maré subiu e uma forte ressaca atingiu as praias do litoral de São Paulo na tarde de domingo (23). Imagens mostram o momento em que o mar em uma praia de Guarujá invade a faixa de areia e arrasta cadeiras, guarda-sóis e, até mesmo, alguns banhistas que aproveitavam o dia ensolarado. A previsão é que a maré continue alta nesta segunda-feira (24).

A previsão para a região já era de maré elevada no domingo, conforme divulgado pelo Núcleo de Pesquisas Hidrodinâmicas na Unisanta (NPH-Unisanta), mas o nível do mar aumentou mais do que o esperado.

As imagens foram gravadas por banhistas no meio da tarde, na Praia de Pitangueiras, quando a ressaca atingiu o litoral paulista. O vídeo mostra a força do mar que arrasta cadeiras e, no início, é possível ver que até uma mãe com uma criança no colo é arrastada pelas ondas.

Os banhistas tiram rapidamente seus pertences da areia para evitar que eles sejam levados pela água, mas mesmo assim alguns objetos foram perdidos. No final do vído é possível ver diversas pessoas no mar em busca de seus pertences que foram arrastados pelo mar. Apesar do susto, ninguém ficou gravemente ferido.

Em Ubatuba, no litoral norte do Estado, o mar também avançou na Praia do Tenório e arrastou turistas. Com ressaca e mar grosso, as ondas invadiram a faixa de areia de várias praias e arrastou mesas, cadeiras, barracas e itens de banhistas.

De acordo com a Capitania dos Portos, há dois avisos de ondas altas para a cidade – um deles emitido no domingo com possibilidade de onda de até 3,5 metros. A capitania alerta para que banhistas e marinheiros fiquem alerta aos avisos, que podem ser acompanhados pelo aplicativo Boletim ao Mar, que traz informações em tempo real.

De acordo com a Marinha do Brasil, a previsão de maré alta se mantém nesta segunda-feira (24), mas não deve subir tanto novamente. Durante a madrugada, a maré atingiu 1,78m às 03h10 na Praticagem e 2,01m às 3:30 h na Ilha Barnabé, informações do NPH Unisanta. A tendência é diminuir e a previsão é que volte aos níveis normais na quinta-feira (27).

Por conta disso, a Prefeitura de Santos alerta para possíveis alagamentos na Zona Noroeste. Segundo a Defesa Civil da cidade, com a maré em 1,8 metro já há possibilidade de alagamentos em canais e em algumas áreas da região. (Fonte: G1/A Tribuna)


 

Deixe seu comentário:

Notícias relacionadas

Abrigo provisório recebe 48 pessoas em situação de rua no primeiro dia

De Guarujá Abrigo provisório funcionará 24 horas, com a oferta de alimentação, higiene e o isolamento social adequados Em seu primeiro dia de funcionamento, o alojamento provisório instalado no Ginásio Tejereba (Rua Sílvio Daige, s/nº, Jardim Tejereba), em Guarujá, acolheu 48 pessoas em situação de rua. A iniciativa é da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Leia mais

Barreiras impedem a entrada de mais de 1000 veículos na cidade

Da Redação Medida de prevenção ao Covid-19 foi regulamentada em decreto, publicado em edição extra do Diário Oficial do Município no último sábado (21)   As barreiras instaladas para controlar os acessos rodoviários e também via balsas em Guarujá a partir do último domingo (22), impediram que 1.000 veículos entrassem na Cidade até a última Leia mais

SP tem 48 óbitos e 862 confirmações de casos do novo coronavírus

De Agência Brasil Desde ontem, secretaria de saúde confirmou 8 mortes pelo vírus O último balanço divulgado no final da tarde de hoje (25) aponta que desde ontem, oito pessoas morreram no estado de São Paulo por complicações relacionadas ao novo coronavírus. Todos eles tinham idade acima dos 70 anos, com exceção de uma mulher Leia mais

Covid-19: Bolsonaro atualiza governadores sobre medidas de prevenção

De Agência Brasil O presidente Jair Bolsonaro realizou hoje (24) mais duas videoconferências com governadores dos estados do Sul e Centro-Oeste para atualizá-los sobre as medidas de socorro aos estados que o governo federal está adotando para enfrentamento dos efeitos da pandemia de covid-19 no país. Bolsonaro e a equipe do governo federal também ouviram Leia mais